O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Retrospectiva - Tema de Redação ENEM (2015): A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira

"A violência destrói o que ela pretende defender: a dignidade da vida, a liberdade do ser humano."- Papa João Paulo II. A violência doméstica é um dos casos mais vistos no Brasil. Ao decorrer dos anos sofreu diversas modificações, uma delas é ser considerada crime através da Declaração dos Direitos Humanos.


Primeiramente, diversos fatores comprovam a ocorrência de tal fato desde a antiguidade, embora não existam muitos registros. Em 1909, por exemplo, o Partido Socialista da América organizou uma jornada de manifestações pela igualdade de direitos civis e em favor do voto feminino, este dia ficou conhecido como "Dia internacional da Mulher". Ou seja, a mulher não tinha liberdade de expressão e isso é um dos motivos que explicam a ausência de registros sobre tal crime.


Segundamente, a imagem de inferioridade que era imposta na mulher fazia com que o homem se comportasse como superior e criasse um sentimento de posse sobre a mesma. "As telefonistas" é uma série espanhola que relata a vida das mulheres quando elas não possuíam direitos como cidadãs. Em um episódio da mesma, a personagem Ángeles sofre um aborto espontâneo por tanto ser espancada pelo seu marido Mário ao aceitar um cargo mais elevado do que o dele, e por não ter liberdade de expressão se demite e continua casada.


Contudo, mesmo com direitos conquistados (a liberdade de expressão, o voto), a falta de segurança para a vítima quando ela decide relatar tal ocorrido é precária. Para o melhoramento da população brasileira a respeito do problema, urge que o Plano Nacional de Segurança reforce, por meio de verbas governamentais, a ampliação das áreas de policiamento comunitário nos locais com maior índice de violência contra a mulher. Somente assim, a vítima terá segurança e ocorrerá a diminuição de ocorrência desses casos.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!