O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Retrospectiva - Tema de Redação ENEM (2014): Publicidade infantil em questão no Brasil

No filme “Riquinho” é contada a história do filho de um bilionário americano e de seus amigos que, com os pais ausentes, divertem-se consumindo desenfreadamente, comprando todo tipo de brinquedo. Ausente da ficção, a realidade de parte das crianças brasileiras assemelha-se à retratada no filme no que tange ao consumo desenfreado, o qual é influência direta das publicidades direcionadas a esse público. Sendo assim, percebe-se que o atual sistema econômico e a omissão dos pais sobre esse assunto contribuem para que as crianças tornem-se massa de manobra capitalista.


  Em primeiro plano, vale ressaltar o capitalismo como principal promotor dessa temática. Consoante Hannah Arendt, em “A crise da cultura”, o mercado e a mídia utilizam-se do entretenimento como forma de dominação cultural e de homogeneização da massa consumista. Nesse viés, o público infantil torna-se um dos principais alvos, uma vez que ainda não possuem as capacidades cognitivas completamente desenvolvidas e são facilmente convencidos por elementos alegóricos - músicas, desenhos animados, cores. Sendo assim, desde do início,  é desenvolvido na criança um aspecto consumista e uma atrofia da capacidade crítica de decidir sobre suas preferências, como é característico no meio capitalista.


  Outrossim, cabe mencionar a omissão dos pais. Conforme a Sociologia, a socialização primária, que é responsabilidade das famílias, é fundamental para a formação do caráter dos indivíduos, uma vez que desenvolve valores morais e modelos comportamentais. Sob essa ótica, percebe-se que a não intromissão paternal no que é visto por seus filhos e a negligência do ensino sobre sustentabilidade e consumo consciente contribuem para formação de uma geração alheia à realidade e mais suscetível às influências midiáticas.


 Portanto, medidas devem ser tomadas a fim de que a publicidade infantil não influencie negativamente as crianças brasileiras. Para tanto, as Secretarias Estaduais de Educação devem orientar o gestores escolares a organizarem reuniões e conferências com os responsáveis pelos alunos, nelas os pais serão introduzidos, por professores de Sociologia, ao tema “ Influência da publicidade na crianças” e serão orientados, por psicólogos, sobre a forma certa de agir e conversar com as crianças a respeito do tema. Sendo assim, as crianças estarão menos suscetíveis a influência da Indústria Cultural e poderão desenvolver pensamentos críticos e originais.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!