O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Retrospectiva - Tema de Redação ENEM (2009): O indivíduo frente à ética nacional

 A série britânica "Game of Thrones", ambientada em um mundo medieval e fictício, narra uma intensa guerra por poder e influência, fato que obriga os personagens a abdicar a moral e tomar decisões controversas — como matar inimigos e planejar golpes de estado. De forma análoga ao seriado, atualmente, o Brasil vive um cenário político e social caótico que leva o indivíduo a ser testado frente à ética nacional. Essa situação, em síntese, se deve a dois principais fatores: a falta de conhecimento da população sobre conceitos éticos e a influência de uma sociedade alarmantemente corrupta.


 Primeiramente, é fundamental discutir acerca da deficiência de discernimento da população a respeito de normas morais. Segundo Aristóteles, a ética é a busca pela felicidade mas também pela virtude, de forma a almejar o bem maior. Entretanto, divergindo do filósofo, é comum que a satisfação pessoal seja colocada acima da harmonia coletiva, problemática essa que é evidenciada quando alguém viola ou furta a propriedade de outrem, fenômeno que ocasionalmente acontece de forma não intencional — como quando uma criança pega um brinquedo sem pedir permissão. Portanto, evidencia-se a urgência de evitar esse problema.


 Em segunda análise, é essencial destacar o papel que um meio imoral e corrupto exerce sobre o ser humano. Para Immanuel Kant, a ética é individual e deve ser guiada apenas pela razão, sem influência de forças externas. Porém, em discordância ao pensador alemão, sabe-se que essa teoria nem sempre se torna prática, visto que o ambiente indubitavelmente desempenha um grande papel na personalidade e comportamento de uma pessoa — como quando alguém passa a gostar de um novo estilo musical pois ouviu involuntariamente enquanto andava pela cidade. Desse modo, sabe-se que uma sociedade desvirtuada tende a corromper o homem eventualmente. Por conseguinte, é vital tratar essa questão com a devida importância.


 Depreende-se, dessa maneira, a relevância de lidar com os desafios e consequências acerca do indivíduo frente à ética no Brasil. Para tanto, cabe ao Estado, por meio do Ministério da Educação — parte do maquinário governamental responsável pelo desenvolvimento da cidadania — montar protocolos de ensino para discutir conceitos éticos nas escolas e universidades, abrangendo todas as fases do ensino, com a finalidade de criar cidadãos críticos e pensantes, com conhecimento e entendimento de seus direitos e deveres, resistentes à influência maléfica. Além disso, o Governo Federal deve desenvolver propagandas informacionais sobre o assunto, em parceria com grandes redes de televisão e jornais, com o objetivo de alcançar o máximo de pessoas. Logo, percebe-se que uma parceria sólida entre os governantes e as mídias é a forma mais eficiente de evitar que o país se torne conturbado como em "Game of Thrones". 


 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!