O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Reforma trabalhista no Brasil

As relações de trabalho no Brasil ganharam destaque no Governo Vargas, quando promoveu as leis trabalhistas através da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas). Ao longo dos anos, mudanças foram feitas na Constituição, todavia, a discussão da Reforma Trabalhista proposta pelo presidente Temer em seu mandato representa, de longe, uma das questões mais polêmicas do país, com a insatisfação popular e declarações que precisam ser analisadas com cautela.
Embora o ano de 2017 tenha sido um passo à frente dos resquícios da convulsão política que tomou conta da nação nos últimos governos, trouxe também a discussão de temas cuja estagnação é um reflexo negativo para o progresso socioeconômico brasileiro. Nesse sentido, a Reforma Trabalhista foi uma medida que causou muito reboliço no Congresso e na população, pois para conseguir a aprovação da reforma foi necessário estabelecer uma harmonia no setor Legislativo, a fim de que políticos com interesses e opiniões divergentes votassem a favor do processo. Em relação ao povo, o projeto trabalhista não foi bem visto, uma vez que houve diversas manifestações com posicionamentos contrários ao presidente e com alegações de que o conteúdo da reforma não está de acordo com os anseios populares.
Sobretudo sob a análise da situação política e econômica do Brasil, marcada por uma crise sem precedentes, a ideia de reformas no país representa uma alternativa para, a longo prazo, obter-se melhoras na qualidade de vida das pessoas e uma redução das dívidas e do déficit estatal. Desse modo, alguns pontos da reforma evidenciam uma maior flexibilização, como é o caso da regulamentação do trabalhador "home office" e a terceirização. Por outro lado, temáticas relacionadas à conversão da justiça trabalhista numa esfera mais difícil de ser gratuita, leva à revolta de muitos cidadãos.
A Reforma Trabalhista, em síntese, mostrou que o Brasil precisa de mudanças, mas que elas devem representar a vontade de todas as classes para que seja bem sucedida. Cabe ao governo contar com uma equipe de profissionais capacitados para desenvolver pesquisas sobre a situação e a opinião dos brasileiros e, em seguida, estabelecer estratégias e projetos para modernizar as leis trabalhistas federais. O Ministério do Trabalho deve tornar públicos todos os documentos ligados às mudanças a fim de informar a população sobre decisões e suas justificativas. Cada indivíduo precisa participar da política da nação, por meio do voto consciente e da manifestação a favor dos direitos e da democracia. Assim, os governantes liderarão sob a ótica da justiça, transparência e progresso de todos os brasileiros.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!