O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Reforma do Ensino Médio

Entenda o que diz a proposta de Reforma do Ensino Médio

O governo federal encaminhou ao Congresso Nacional, no dia 22 de setembro, a Medida Provisória (MP) 746/2016 para reestruturação do ensino médio. A mudança chamou atenção e provocou discussões no país ao incluir a possibilidade de escolha de diferentes trilhas de formação tradicional e técnica, educação integral e autorizar a contratação de professores sem licenciatura, mas que apresentem "notório saber".
No início do século XX com a revolução industrial, muitas industrias aumentaram suas cargas diárias de trabalho de maneira drástica, obtendo melhores resultados para os membros de uma nação, no âmbito da economia. No século XXI muito brasileiros aderiram a causa que fomenta o aumento na carga horária dos estudantes de escolas regulares de ensino médio para que haja notável desenvolvimento do IDH (índice de desenvolvimento humano) no Brasil. Além do aumento da carga horária de trabalho de um estudante regular, também será aumentada seus números de matérias a serem estudadas, partindo da divisão matérias de ensino técnico à matérias de educação regular, em uma grade que abrangia 800 horas para uma carga horária de 1400, sendo acrescentadas 600 horas ao estudante que sairá da escola como técnico em uma determinada área de seu próprio gosto e escolha.
Um fator bastante importante nas novas regras e leis de gerenciamento ao novo ensino médio, é que muitos graduados em áreas como bacharéis e técnicos poderão lecionar aulas para alunos regulares do ensino médio sem possuírem diploma de licenciatura, que é excelente para dinamizar a escola clássica e colocar o jovem um passo dentro da universidade e se deparar com o futuro que ele está buscando já na instituição escolar, tornando a escola uma empresa de respeito que prepara o jovem e adulto para a vida acadêmica com matérias e grade horária que o torna de fato um estudante de primeiro mundo.
Algumas medidas provisórias já estão sendo tomadas em relação a divulgação do novo ensino médio que foi aprovado e pretende entrar em vigor no ano de 2018. Como é o caso da publicidade, muitas propagandas estão sendo feitas e divulgadas diariamente para nortear os brasileiros sobre as mudanças que estão para acontecer nas escolas públicas e federais, como grade curricular e horário de horas que será aumentado para melhor desenvolvimento do aluno médio. Órgãos fiscalizadores como o Ministério da Educação estão tomando medidas sérias em regularizar as instituições de ensino escolar em aderirem as novas regras e leis, em uma tarefa difícil, mas que a cada dia progride um pouco mais para até 2018 atinja o ideal almejado pela nação brasileira. Incentivar os jovens a não se abalarem negativamente com as novas mudanças que tendem a deixa-los mais horas dentro da escola, buscando aludi-los aos pontos positivos, mostrando que o ato de ser estudante é uma profissão séria e que eles serão mais felizes no futuro, por fazerem parte de um país com uma educação solida e promissora, herança que será passada para seus sobrinhos, filhos e netos. Precisas continuar incentivando os jovens e adultos a serem otimistas nesta etapa de democratização do novo ensino médio.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!