O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Reforma do Ensino Médio

Apesar das transformações sofridas no decorrer da história, a escola representa a instituição que a humanidade elegeu para socializar o saber sistematizado. Isso demonstra que é o lugar onde, inicialmente, é transmitido todo conhecimento que se estima necessário para formar cidadãos capazes de realizar futuras mudanças no Brasil. Com a nova reforma do
Ensino Médio que promete tornar mais flexível a grade curricular dos alunos, vale refletir: é esse o caminho para atrair o aluno e melhorar o ensino médio das escolas ?
Partindo da teoria proposta pelo governo de Michel Temer, suas idéias são positivas. A ampliação da jornada escolar é interessante, uma vez que muitos adolescentes passam mais tempo se dedicando a computadores e celulares do que com estudos mais aprofundados. Porém, a medida mostra-se precitada e bastante limitada. Profundas mudanças como a do ensino médio, não são feitas seguindo exemplos de países desenvolvidos com e com estrutura capaz de manter o alto custo das escolas. A intenção de criar o "mediotec" traz problemática ligada ao investimento na educação. Instituições teriam de se construídas ou refeitas de acordo com a opção de curso do aluno, aumentando significativamente os gastos do Estado que já são baixos no atual modelo.
Além da questão financeira, a desigualdade pode se acentuar, em vez de reduzir-se. Escolas privadas tendem a ter mais facilidade e rapidez na implementação da reforma. Com maior capital e professores preparados,a a diferença entre um ensino e outro ficará cada vez mais distantes. Sendo assim, o desempenho das escolas públicas no ENEM também sofrerá com as consequências. Surge então, outro ponto negativo, tendo em vista que o exame nacional é o principal meio de classes menos favorecidas frequentarem a universidade.
Segundo Paulo Freire, importante educador, sem a educação a sociedade não muda. Portanto, a fim de solucionar o problema devemos instruir ação de certos agentes. As escolas devem se manifestar sobre o assunto apontado todas as dificuldades que serão encontradas pelo caminho para que o projeto seja concretizado, seja por meio de manifestações ou cartas ao Senado. Os jovens e a sociedade devem se posicionar nas redes sociais a partir de campanhas educacionais que mostrem soluções mais viáveis e que realmente auxiliem a atual educação do país.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!