O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Reforma do Ensino Médio

Atualmente, tem sido visto um grande debate acerca da Medida Provisória 746/2016, que tem o objetivo de reestruturar o ensino médio, promovendo incontáveis mudanças positivas e negativas para a fase final da educação básica brasileira, mudanças estas que incluem educação em tempo integral e mais liberdade de escolha por parte dos estudantes em relação às disciplinas cursadas.
A proposta de reforma do ensino médio pegou a população de surpresa, tanto pelo fato de não ter sido debatida com esta, quanto por ser uma proposta nunca antes cogitada. Essa medida provisória apresenta como proposta uma carga horária de 1.400 horas, além de declarar que o ensino de algumas matérias, como matemática e português, seria obrigatório, ao contrário de outras, que seriam divididas em áreas de conhecimento, cabendo ao estudante eleger uma destas para se aprofundar.
Entretanto, apesar dessa reforma parecer positiva, ela provocou uma divisão de opiniões, causando inclusive inúmeros protestos contra a medida, protestos estes que incluem ocupação de escolas e universidades no Paraná, resistência à medida provisória por parte dos deputados, e a criação de um manifesto, por parte do CNTE e do Apeoesp, contra a reforma proposta.
Todas estas formas de protesto não foram sem sentido, pois se forem analisados os fatores contra esta medida, ficará claro que eles superam os fatores positivos, Afinal, uma educação em tempo integral requer gastos muito maiores, o que vai contra os princípios do governo federal neste momento, além disso, a qualidade da educação declinaria, devido a possível contratação de professores desqualificados para o ensino, e muito mais que isso, o conhecimento obtido pelo estudante neste novo ensino médio não seria o suficiente para este ingressar no ensino superior, pois como o ensino médio seria flexível, e o ENEM e os vestibulares não, a chance desses jovens de entrarem na faculdade seria minada.
Por todos esses fatores, a reforma do ensino médio não deveria de modo algum ser aceita, pois esta, ao contrário de melhorar a educação, a faria cair em declínio à longo prazo. Portanto, cabe a população exercer pressão no Ministério da Educação, no governo federal e no Congresso Nacional para que essa proposta seja reconsiderada, ou até mesmo desconsiderada.




Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!