O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Reforma da previdência social

A reforma da previdência brasileira está sendo votada no Congresso Nacional, essa emenda vai mexer com três pilares: tempo de contribuição, idade mínima e idades iguais para homens e mulheres se aposentarem. A idade mínima proposta é de 65 anos, tendo contribuído durante 25 anos, sem diferenciação de sexo. A regra vigente é de 35 anos de contribuição para homem e 30 para mulher, levando em conta a dupla jornada feminina.
Uma das causas dessa mudança é o envelhecimento populacional, onde a taxa de natalidade e mortalidade diminuíram e a expectativa de vida aumentou, com isso a previdência sofre um déficit, outras causas para essa queda é o desemprego gerado pela crise que assola o país e outra é a corrupção, que acabou enfraquecendo o mercado internacional brasileiro.
De acordo com uma pesquisa realizada em 2015, a média da expectativa de vida da população brasileira era de 75 anos, com a nova reforma o contribuinte iria ser beneficiado apenas 10 anos de sua vida, sem levar em consideração que em alguns estados como Maranhão, Pará e Tocantins a média de sobrevivência é de 63 anos, logo não chegariam a se aposentar, independente do tempo de contribuição.
Conclui-se então que essa é uma reforma rígida para um país em desenvolvimento, porém deve-se realizar mudanças pontuais, como a diminuição de privilégios de servidores públicos, maior igualdade salarial e o fim da corrupção.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!