ENTRAR NA PLATAFORMA
Redes sociais e a nova era da comunicação

   Na série espanhola Elite, é retratada a história de estudantes cheios de segredos na escola Las Encinas, onde a maioria é socialite e poucos são bolsistas. Nesse aspecto, a série apresenta a trama de Cayetana, filha da faxineira do colégio, aluna destacada por mostrar em sua rede social a sua riqueza e os lugares mais caros. Fora da ficção, é fato que a realidade abordada na narrativa pode ser relacionada com a atual situação de várias pessoas que tornam as redes sociais um meio utópico.


   No Brasil, nota-se o poder da tecnologia perante a sociedade, uma vez que essa encontra-se disponível tanto para crianças quanto para adultos, ou seja, todos têm acesso à modernidade. Nessa perspectiva, o cidadão consegue comunicar-se com pessoas de outros países, visto que as fronteiras na era da comunicação foram extintas.  Segundo Zygmunt Bauman, sociólogo polonês, as redes sociais são úteis, mas também são consideradas uma armadilha, pois se essas não forem usadas corretamente, poderão prejudicar as pessoas. Assim, observa-se a eficiência dos meios de comunicação seguida de seus perigos.


   Faz-se mister, ainda, ressaltar as redes sociais como impulsionadoras do estilo de vida utópico.  Cayetana, personagem de "Elite", tirava fotos nas mansões em que a mãe trabalhava e postava na internet , com o objetivo de exibir às pessoas o quão bela era a sua vida. Fora das telas, o mesmo acontece com pessoas que sentem a necessidade de compartilhar as suas vidas perfeitas aos seguidores para sentirem-se aceitos na sociedade. Dessa maneira, a era da comunicação também pode ser chamada de era do exibicionismo.


   Depreende-se, portanto, que ainda há entraves para garantir a solidificação de políticas que visem a construção de uma sociedade menos utópica em relação às redes sociais. Dessa forma, urge que a mídia alerte os espectadores sobre a importância de policiar-se na internet, por meio de novelas e propagandas em horário nobre, essas devem conter os benefícios e os malefícios do uso da tecnologia, a fim de conscientizar as pessoas em mostrar a realidade em qualquer rede. Outrossim, cabe as escolas e faculdades, através de palestras e depoimentos, abordarem o tema utopia nas redes sociais, com o intuito de explanar o quão prejudicial pode ser a exposição na web de maneira inadequada. Desse modo, o cidadão poderá desfrutar melhor das suas redes sociais.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde