O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Prevenção da obesidade no Brasil

O grande processo de globalização ocorrido no final so século XX , fomentou inúmeros tipo de indústrias em todo o globo. Ademais, o setor industrial de alimentos foi um que também cresceu , gerando a criação em massa de "fast foods" , além de comidas prontas para maior praticidade do consumidor. Entretanto , o fácil acesso a esse tipo de alimento gerou um desenvolvimento de distúrbios alimentares que acometem toda a população , sendo a obesidade o principal deles, ocorrendo a necessidade de medidas de prevenção. Com isso, no Brasil , a obesidade é acarretada principalmente, pela má educação alimentar que na maioria dos casos vem da própria família , além da preferência crescente da população por fast foods.


Em primeiro plano, no filme " O Professor Aloprado" ,fica clara a representação de uma influência familiar sobre a alimentação , nele toda a familia do personagem principal sofre de obesidade,de crianças até os mais velhos, e mesmo assim durante todas as cenas de refeições em família todos continuam com o mesmo hábito de se alimentar de hamburgueres, pizzas e etc , ficando claro a influência que a família exerce na má educação alimentar. Sob essa perspectiva, uma criança que cresce em uma casa em que se é permitido o consumo exagerado de biscoitos , pizzas e etc , certamente estará propensa à obesidade , e quando adulta poderá passar esse costume adiante para seus filhos. Dessa forma, combater a obesidade torna-se difícil quando os próprios hábitos da família vão contra o processo de perder peso e promover a saúde .


Além disso, o Brasil é uma figura importante no mercado mundial de fast foods online, como o aplicativo "I food", em que os usários têm acesso a inúmeros restaurantes que oferecem alimentos não tão benéficos à saúde, que juntamente com o preço atratente e a rapidez de entrega se sobressaem sobre outras escolhas mais saudáveis, como preparar a própria comida em casa fazendo uso de saladas e legumes. No mais, segundo Organização Mundial da Saúde, a obesidade já atinge 40% dos adultos nos EUA , que é o maior consumidor de fast foods do mundo , e o Brasil caminha para o mesmo destino , pois a população cada vez mais abraça esse mercado, sem pensar nos riscos à saúde. Nesse contexto , com o aumento gradativo da presença de serviços como o I food no país , o sobrepeso nos brasileiros tende também ao crescimento , visto que tal modo de compra de comida torna-se cada mais mais apreciado pela população , que passa a não se importar tanto com o valor nutricional dos alimentos.


Entende-se, portanto , que a obesidade no Brasil é oriunda principalmente da má educação alimentar que na maioria das vezes vem da própria residência e do consumo crescente de fast foods pela população , sendo necessário medidas de prevenção. Desse modo, o Ministério da Saúde em conjunto com com o Ministério da Educação , deve promover campanhas socioeducativas sobre educação alimentar e os malefícios dos fast foods . Isso deve ser feito por meio de palestras com nutricionistas em escolas, universidades e centros comunitários , promovendo auxílio nutricional gratuito para a população já obesa , além de demonstrar os meios para uma alimentação mais saudável ao se substituir refeições ultra calóricas por opçôes mais benéficas para o corpo , tendo como resultado não apenas a reeducação alimentar das pessoas, mas também uma maior conscientização sobre a pratica corriqueira de se alimentar em fast foods. Afinal, com a devida orientação, os indices de adultos e crianças obesos tenderão a descer, e o Brasil será um país de peso no combate à obesidade.


Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!