ENTRAR NA PLATAFORMA
Pressão estética na sociedade atual
A obra expressionista o Grito de Edvard Munch, simboliza o sentimento de angusto do ser humano. Fora das telas, no Brasil, inúmeros indivíduos principalmente do sexo feminino anseiam do mesmo sentimento, uma vez que o padrão opressor de beleza torna-se inalcançável. Nesse sentindo, é preciso entender os aspectos do belo na sociedade brasileira.
A boneca Barbie, revolucionou o mercado infantil. Entretanto, simetricamente perfeita Barbie, tornou-se o corpo ideal imposto pelo meio social, impossível de ser alcançado. Muito provavelmente em consequência do modelo de beleza eurocêntrico improvável para a realidade tupiniquim, visto que o Brasil se constrói com maior parcela da mescla dos povos africanos e indígenas.
Dentro dessa lógica, a nação canarinha é o segundo país recorde de intervenção cirurgias para fim estético, corroborando a não aceitação do próprio corpo.Outrossim, vendido diariamente nos centros nos midiáticos, seja em forma de medicamento, dietas malucas ou produtos milagrosos o padrão idealizado gera muitos complexos de aceitação como: baixo auto-estima, bulimia, anorexia, evidenciando o quão essa imposição da perfeição é esmagadora.
Urge, portanto, que combater a idealização do belo é de suma importância. Segundo o pensador Ramón de Compoamor, " a beleza está nos olhos de quem avê", logo, fica evidente a importância do dialogo sobre o tema. Cabe ao Ministério do Desenvolvimento Social realizar palestras, campanhas midiática que exaltem a diversidade dos padrões visando à auto-aceitação da população. Ademais, o Ministério da Educação deve inserir na grade escolar atividades lúdicas com o propósito de forma cidadãos mais seguros de si mesmo.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde