O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Preconceito linguístico

A língua é uma das características mais importantes na identidade de um povo. No Brasil, devido a tamanha diversidade de etnias envolvidas no nascimento dessa nação, essa característica é marcada pela variedade linguística, na qual é, por muitos, visto de forma preconceituosa e antiética. Como consequência, isso acaba resultando na exclusão social de grupos considerados "inferiores" por essa parte da população.
Primeiramente, é importante citar que a linguagem está constantemente em transformação, seja em questões regionais, etárias ou sociais, e o responsável é o próprio povo que a utiliza. Fato facilmente explicado, no Brasil, pelo tamanho do território do país, que representa, em média, 22,5 vezes o território do Japão, por exemplo. Ademais, o Brasil possui mais de quinhentos anos de história, o que torna ainda mais difícil a imobilidade da língua, já que representa a vinda de incontáveis povos até esse território, e, consequentemente, a mistura de culturas.
Por outro lado, as consequências do preconceito linguístico são um fator decisivo no assunto. A exclusão social, aliada à problemas psicológicos e dificuldades de inclusão e comunicação, são apenas uma parte do problema que isso causa. Em escolas, por exemplo, a simples ironizarão de um "erro" pode causar traumas em uma criança ou adolescente, deixando-o com medo de tentar novamente e prejudicando seu desempenho escolar, e até sua inserção em faculdades ou trabalhos futuros.
Por fim, fica claro que essa falta de empatia com as variantes da língua brasileira deve ser erradicada. Para isso, é de extrema importância que o preconceito linguístico se torne crime no Brasil, já que, assim como outros tipos de preconceito, causam danos e constrangimento às vítimas. Ademais, em menor escala, é preciso que os professores de língua portuguesa, tanto de escolas públicas ou privadas, em parceria com Ministérios da Educação, implantem, desde cedo, conteúdos que tratem sobre essa diversidade, mostrando aos alunos que essa comunicação vai além da norma culta. Essa medida pode dar-se, além da explicação e educação dos professores, por meio da leitura de livros infantis que tratem sobre o assunto. Desse modo será possível amenizar o problema e chegar cada vez mais perto da harmonia social e linguística no país.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!