O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Pós-verdade

  Segundo Joseph Goebbels, ministro da propaganda da Alemanha Nazista, uma mentira repetida mil vezes torna-se uma verdade. Paralelamente a isso, em um cenário atual, tal panorama deletério permanece em vigência, o que se observa quando a verdade e a mentira são substituídas, cada vez mais, pela pós –verdade. Tal fato é consequência tanto da grande quantidade de informações lançadas nas mídias, quanto pela emersão de uma sociedade alienada.


  Precipuamente, é fulcral frisar que os indivíduos são permeados de notícias, diariamente – o que aflora uma sensação de poder dentro dos sujeitos, também chamada por Bauman de liberdade ilusória. Porém, estas mesmas informações, na verdade, tem como objetivo a desinformação. Ao passo que a grande quantidade de matérias publicadas, torna-se impossível a verificação da veracidade de tais. Junto a isso, a superficialidade das leituras podem causar interpretações rasas da verdade. Logo, as afirmações inverídicas serão compartilhadas, rapidamente, com os amigos, graças aos avanços tecnológicos, criando uma rede de propagação que reafirma a pós-verdade.


  Não obstante, a alienação que surge na sociedade, na qual a razão perde espaço para a emoção, é um dos fatores corroborantes para a pós- verdade. A medida que o indivíduo se fecha em “suas convicções”, tudo o que ir ao encontro das mesmas, será visto com maus olhos, ou seja, existindo a construção do inimigo – o mesmo pode se observar no livro Eichmann em Jerusalém, de Hannah Arendt, no qual é discutido a banalidade do mal, que é originada por alienações de ideais impostos pelas autoridades. Assim, informações que são favoráveis ao pensamento de um sujeito, mesmo mentirosas, serão compartilhadas por sustentar uma ideia introduzida tão fortemente em sua mente, que prefere a mentira à verdade.


  Portanto, é mister que o Estado tome medidas enérgicas para sanar tal problemática em questão. Para a conscientização dos indivíduos, é necessário que o Tribunal de Contas da União (TCU) envie verbas, que por intermédio do Ministério da Educação e Cultura (MEC), serão revertidas em propagandas publicitárias, oficinas públicas e debates com convidados renomados, realizados nas redes sociais, que elucidem o conceito da pós-verdade, onde aparece frequentemente e como lidar com a mesma. Assim, desmitificando a frase tão conhecida e ainda muito praticada, de Joseph Goebbels.


 


 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!