O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Pós-verdade

"Relativo ou referente a circunstâncias nas quais os fatos objetivos são menos influentes na opinião pública do que as emoções e crenças pessoais". De acordo com o dicionário Oxford - uma das principais referências globais para a catalogação de novas palavras e expressões -, esta é a definição de pós-verdade. O adjetivo marca a era em que notícias falsas são disseminadas vertiginosamente por intermédio da internet e das redes sociais como uma ferramenta de manipulação das massas e reforço das opiniões pessoais.
Eleito a palavra do ano em 2016, o termo ganhou popularidade após influenciar de maneira decisiva a saída do Reino Unido da União Europeia, processo conhecido como Brexit. Sites favoráveis a retirada dos britânicos divulgaram, erroneamente, que a permanência do país no bloco econômico custava aproximadamente 470 milhões por semana. É neste ponto em que o problema reside, visto que grande parte da população mundial utiliza as mídias virtuais como única fonte de informação. Uma pesquisa realizada pelo instituto Reuters aponta, que apenas no Brasil, este montante chega a 72% dos habitantes. Tal fato torna as "fake news" uma via certeira para o controle da opinião dos cidadãos.
Outro aspecto que estimula a pós-verdade é a polarização ideológica enfrentada nos dias atuais. Em um quadro de radicalização, as pessoas tendem a buscar conjunturas que confirmem suas crenças, isolando-se em verdadeiras bolhas que as separam daqueles que possuam um pensamento divergente. Por meio do histórico de navegações, o Facebook - rede social com maior número de acessos em todo o mundo - torna essas bolhas cada vez mais densas, pois prioriza conteúdos que condizem com as buscas realizadas pelo indivíduo, ou seja, com os seus interesses pessoais.
É evidente, portanto, a necessidade de implementação de medidas capazes de controlar o alastre de notícias falsas na internet. Cabe ao Governo Federal, o estabelecimento de multas às empresas de mídias virtuais que não checam a veracidade daquilo que propagam, realizando tal mando através de um portal responsável pela verificação dos conteúdos, onde os usuários também possam denunciar postagens duvidosas, de modo a garantir o compartilhamento de informações e o debate responsável nesses meios meios, dentro da realidade dos fatos.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!