ENTRAR NA PLATAFORMA
Poluição do ar e seus impactos na saúde da população

Na obra "Utopia", do escritor inglês Thomas More, é retratada uma sociedade perfeita na qual o corpo social padroniza-se pela ausência de conflitos e problemas. No entanto, o que se observa na realidade é o oposto do que o autor prega, uma vez que a poluição do ar trás prejuízos a saúde da população mundial, apresentando assim, barreiras dificultando a concretização dos planos de More. Nesse sentido, diante de uma realidade instável e temerária que mescla conflitos nas esferas estatail e importâncial, analisar seriamente as raízes e frutos dessa problemática é medida que se faz de imediata.
Em primeiro lugar, é fulcral pontuar que, os problemas clínicos decorrentes da poluição do ar, deriva da baixa atuação dos setores governamentais, no que concerne a criação de mecanismos que coíbam tais ocorrências. Acerca disso, é pertinente trazer o discurso do filósofo inglês Thomas Hobbes, no qual ele conceitua que, "o estado é responsável por garantir o bem-estar da população", entretanto, isso não ocorre no Brasil visto que a emissão de gases poluentes afeta negativamente a saúde da sociedade. Devido às falta de atuação das autoridades, estamos respirando partículas tóxicas ao organismo acarretando em problemas clínicos a médio e longo prazo. Desse modo, faz-se mister a reformulação da portura estatal de forma urgente.
Ademais, cabe analisar ainda, que os problemas respiratórios decorridos pela poluição, são influenciado principalmente pela banalização da problemática. Partindo desse pressuposto,  por falta de leis mais severas tão quanto pela falta de reinvidicação social,  a problemática persiste intresecamente a realidade mundial. Tudo isso retarda a solução do impecilho, já que a as indústrias não são precionadas a aderirem modelos de produção mais sustentáveis contribuindo assim, para a perpetuação desse quadro deletério.
Infere-se portanto, que ainda há entraves para garantir a solidificação de políticas que visem a construção de um mundo melhor. Destarte, com o intuito de mitigar a poluição do ar e os impactos na saúde da população, necessita-se urgentemente que, o Tribunal de Contas da União direcione capital que, por intermédio do governo federal será revertido em medidas legislativas buscando um maior cumprimento das leis ambientais a fim de promover a diminuição da emissão de gases poluentes na atmosfera. Como já dito pelo pedagogo Paulo Freire, "a educação transforma pessoas e essas mudam o mundo". Logo, o Ministério da Educação (MEC) deve instituir nas escolas, palestras, ministradas por especialistas na área que discutam o combate a poluição do ar e suas consequências, para que assim, a sociedade tenham em mente uma visão mais sustentável e ecológica. Desse , atenuar-se-a, em médio e longo prazo, os impactos nocivos da poluição atmosférica e a coletividade alcançaram a Utopia de More.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde