ENTRAR NA PLATAFORMA
Poluição do ar e seus impactos na saúde da população

O filme de 1994 “Forrest Gump”, apresenta ao telespectador um personagem principal cujos problemas são enfrentados e contornados pelo decorrer da história. Diferente do longa-metragem, a sociedade brasileira não consegue ultrapassar seus desafios, como a poluição do ar. Dado o exposto, cabe analisar como principais causas da problemática, não só o individualismo do corpo social, mas também o “capitalismo selvagem” de várias empresas. Desse modo, a nação urge por soluções para essa questão.


De início, é importante salientar como o individualismo torna difícil o combate à poluição do ar, seja pela falta de manifestações em prol da causa, seja pelo pouco esforço em mudar para hábitos mais sustentáveis. De acordo com Zygmunt Bauman, sociólogo polonês, a sociedade contemporânea sofreu mudanças, consolidando a rapidez e a inconstância nas relações sociais, facilitando o surgimento de diversos problemas. Sob essa ótica, nota-se o quanto o indivíduo ignora os problemas ambientais e suas consequências – como o aumento de doenças respiratórias-  em benefício próprio, acarretando o agravamento da saúde e diversas mazelas sociais. Fato evidenciado, por exemplo, na China – principal importador de produtos brasileiros - onde diversas cidades possuem seu ar muito poluídos, e as taxas de doenças pulmonares são muito elevadas. Dessa maneira, percebe- se como a poluição do ar é agravada pelo individualismo do corpo social.


Outrossim, é importante salientar como o “capitalismo selvagem” interfere de modo negativo na vida das pessoas. No último episódio do seriado “a família dinossauro”, é perceptível o quanto a ação desenfreada da busca pelo lucro pode gerar graves problemas ambientais, em analogia a isso, no mundo real, a situação não é diferente, tendo em vista a quantidade de acordos ambientais desrespeitados pelas empresas, levando no agravamento da degradação do ar. Prova disso, são as empresas indianas, as quais não aderiram os acordos internacionais – como o Acordo de Paris- e continuaram a queima do carvão para a produção energia em detrimento do crescimento econômico nacional. Dessa forma, fica claro o quão o ar está sendo poluído.


Portanto, com a finalidade de mitigar os problemas de saúde em nível global, o governo brasileiro deve criar sanções, para os países com poluição do ar acima da média, por meio de maiores impostos na exportação de produtos nacionais, principalmente a soja e o aço, produtos mais importados pela China. Ademais, é preciso que o corpo social manifeste-se contra as grandes empresas poluidoras, por intermédio de boicotes aos produtos delas, com o objetivo de desestimular o capitalismo selvagem da nação. Assim, a sociedade contornará seus problemas, semelhante ao personagem principal do filme “Forrest Gump”.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde