ENTRAR NA PLATAFORMA
Poluição do ar e seus impactos na saúde da população

Em 1997, o “Protocolo de Kyoto” foi criado com o objetivo de reduzir a emissão de gases poluentes. As nações integrantes da Organização das Nações Unidas (ONU) se comprometeram a reduzir em 5,2% o lançamento de gases, como o dióxido de carbono (CO2). Porém, a flexibilização de termos do acordo fizeram com que este não obtivesse o sucesso esperado. Assim, a desenfreada poluição do ar afeta o meio ambiente e os seres.


Em primeira análise, após a industrialização e a queima de combustíveis fósseis – utilizado como energia -, há um agravamento da poluição atmosférica, o que acarretou impactos ao meio ambiente, tal qual a chuva ácida. Além disso, a eliminação de gases poluentes acentua o efeito estufa, o que aumenta a concentração de calor perto da superfície terrestre. O aquecimento global afeta muitas espécies, como os seres aquáticos, visto que, há a elevação da temperatura dos oceanos.


Outrossim, a impureza do ar prejudica a saúde humana, visto que, provoca dificuldades respiratórias; irritação na garganta, boca e olhos; tosse e danos ao sistema imunológico. Dessa forma, fica evidente que o ser humano está prejudicando a si próprio ao destruir o ecossistema e poluir o ar.


Diante dos fatos supracitados, é necessário que o Governo invista em palestras sobre a conscientização do uso do transporte público e da utilização de bicicletas. A partir do conhecimento sobre a redução da emissão de gases poluentes com o emprego de transportes alternativos, a população será beneficiada com um ar mais limpo e com melhorias no bem estar e saúde.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde