ENTRAR NA PLATAFORMA
Poluição do ar e seus impactos na saúde da população

Durante o processo denominado de Revolução Industrial, com a crescente evolução tecnológica, surgiram diversas formas de se poluir o ar atmosférico. Hodiernamente, por conta de tal processo, medidas para diminuir as consequências gerada pela poluição são traçadas frequentemente. Diante do pressuposto, a contaminação do ar pode causar diversos problemas na saúde humana, isso pode ser analisado tanto pelo contato direto do indivíduo com o meio em questão, quanto pela destruição de fatores essenciais para a manutenção da vida. Logo, observa-se que a ganância do homem em busca de riquezas contribuiu de forma significativa para o crescimento do maior problema ambiental do século, a contaminação atmosférica.


Em primeiro lugar, segundo a OMS (Organização Mundial da saúde), a poluição atmosférica levou quase sete milhões de pessoas a óbito em 2012. Resultado disso é o cantato excessivo do ser com o meio contaminado que pode ser resultante, principalmente, da queima incompleta de combustíveis fósseis, os quais liberam CO (monóxido de carbono) na atmosfera, que é bastante tóxico para o indivíduo, pois se ligam com as hemácias impedindo que o oxigênio seja transportado pelo corpo. Portanto, nota-se que medidas cabíveis devem ser tomadas para que a queima passe a ser completa e não cause tanto prejuízo para a saúde humana.


Em segunda análise, para os filósofos Adorno e Horkheimer, o esclarecimento é a necessidade que o homem tem de dominar a natureza a seu favor. Tal pensamento parece fazer alusão as transformações realizadas pelo indivíduo no meio, a qual tem por objetivo proporcionar uma melhor qualidade de vida para a população. Entretanto, as modificações realizadas resultaram na poluição atmosférica e mudam fatores climáticos que, por conseguinte, alteram a temperatura do planeta e causam secas prolongadas, além da excasses de água potável que é essencial para manter a saúde humana. Isso faz inferir que embora uma ação pareça ser inofensiva suas consequências somente serão observadas no futuro.


Destarte, é mister que o Estado tome providências para superar o quadro atual. Para que a poluição atmosféria diminua suas consequências na saúde humana, urge que a escola deve, por meio de palestras e seminários, desde a educação básica, transmitir para a população o que resulta em uma queima incompleta e, sobretudo, quais suas consequências na saúde humana, com a finalidade de "produzir" indivíduos com pensamentos mais ecológicos e preocupados com a manutenção da vida humana. Outra medida eficaz é o homem buscar mudar a sua forma de esclarecimento, por meio de alternativas viáveis, com o fito de previnir consequencias futuras. Só assim o mundo poderá mudar a situação atual.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde