ENTRAR NA PLATAFORMA
Poluição do ar e seus impactos na saúde da população

Em 1972, foi realizada em Estocolmo a primeira conferência da ONU que visava discutir os problemas ambientais, na tentativa de diminuir a poluição e controlar o uso dos recursos naturais, no intuito de conscientizar a população acerca da relação com o meio ambiente para não comprometer as gerações futuras. Concomitantemente, após 47 anos, essa conscientização ainda faz-se necessária. Essa realidade concerne um desafio a ser resolvido não somente pelos poderes públicos, mas também por toda sociedade.


A queima de óleo diesel e carvão mineral por automóveis e indústrias, respectivamente, produzem dióxido de enxofre e dióxido de nitrogênio, que agravam as doenças respiratórias como asma e bronquite, além de reagir com o vapor d’água na atmosfera para a formação da chuva ácida.


Ademais, as queimadas florestais liberam aerossóis, resultantes das partículas de fuligem que são levadas pelo vento à diversos locais. Essa poluição pode ocasionar inflamações nas vias aéreas e causar agravamento dos problemas respiratórios.


Medidas são necessárias para resolver essa problemática. É essencial que o Estado regule a quantidade de poluição emitida pelas indústrias e cobre as empresas automobilísticas de que procurem formas mais sustentáveis de substituir o óleo diesel para que diminua os impactos ambientais. Além disso, é necessária a criação de palestras e propagandas televisionais para conscientizar a todos dos problemas que vem ocorrendo e que, se todos ajudaram de alguma forma, as gerações futuras não serão comprometidas.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde