ENTRAR NA PLATAFORMA
Poluição do ar e seus impactos na saúde da população

Ao afirmar, "Se queres prever o futuro, estuda o passado" , o filósofo chinês Confúcio faz, de certa maneira, uma comparação entre o futuro e o passado. De fato, ele estava certo, pois a poluição atmosférica não é um problema atual. Desde a Revolução Industrial acontece um consumo crescente de combustíveis fósseis, que se intensificou e resultou em um problema global. Conquanto, as adversidades ainda persistem, devido não só a queima de combustíveis, como também a quantidade de fábricas existentes atualmente.
  Hodiernamente, podemos entender a queima de combustíveis como uma das principais causas da poluição do ar. De acordo com a OMS( organização do Ministério da saúde) a falta de controle da contaminação provoca a morte anual de 7 milhões de pessoas em todo o mundo.
  Outrossim, ainda, salientar a grande quantidade de fábricas que produz poeiras, fumaças e hidrocarbonetos que acabam prejudicando a atmosfera e a saúde de todos. De acordo com Zygmunt Bauman, sociólogo polonês, a falta de solidez nas relações econômicas, políticas e sociais é característica da "modernidade líquida" vivida no século XXI. Além disso é imprescindível, a dissolução dessa conjuntura.
  Portanto, é mister que o estado tome providências para amenizar o quadro atual. Em suma, é necessário que o governo em parceria com a OMS, financie projetos ambientais, por meio de uma ampla divulgação midiática que inclua propagandas televisivas e entrevista em jornais. Nesse sentido o intuito de tal maneira deve ser a erradicação do aumento da poluição. Ação que iniciada no presente, é capaz de modificar o futuro de toda a sociedade.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde