O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Pobreza no Brasil

Na literatura do Romantismo Indianista, notoriamente representado por José de Alencar, o Brasil é retratado, por vezes, como um país perfeito, ideal para se viver. Entretanto, ao analisar a circunstância, vemos que é somente herança literária, visto que muitos brasileiros se encontram em situação de pobreza. Nesse cenário, dois motivos são pertinentes: a concentração latifundiária e o péssimo dirigismo estatal.


É evidente que a questão da concentração de terras esteja entre as causas do problema. Segundo Karl Marx, filosofo alemão, a sociedade vive em constante luta de classes sociais. Uma vez que, em razão da intensiva aglomeração de renda e monoculturas voltadas para a exportação, o campo brasileiro é altamente centralizado nas mãos de poucos proprietários e extremamente valorizado, fazendo com que a aquisição seja inviável. Portanto, é notório que a pobreza na sociedade brasileira é efeito do acúmulo latifundiário e omissão por parte do governo.


De acordo com Jean-Jacques Rousseau, filosofo genebrino, cabe ao Estado melhorar a condição do homem na sociedade, no entanto, no Brasil, tal fato não ocorre e a pobreza persiste em assolar o país. Nesse conjuntura, o Programa Bolsa Família, fundamental para reduzir as discrepâncias socioeconômicas, teve um corte de 1,7 bilhão de reais, conforme o orçamento do Estado para o ano de 2018. Consequentemente, nota-se, na contemporaneidade, as imperfeições do dirigismo governamental, que peca em negligenciar a adversidade.


Entende-se, portanto, que a pobreza é resultante de disparidades e associada a um estado ineficaz. Por isso, cabe ao Governo incentivar a continuidade de programas socioeconômicos como o Fome Zero e o Bolsa Família, ampliando os recursos para tais, possibilitando uma abrangência significativa, a fim de progredir e reduzir as diferenças econômicas. Ademais, impende ao Parlamento estender os recursos do INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), para que o processo de redistribuição de terras desocupadas e improdutivas se torne eficiente, com intuito de ajustar o aglomerado fundiário. Assim, o Brasil poderá caminhar rumo à perfeição da literatura romântica indianista.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!