O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Pobreza no Brasil

TEMA: Pobreza no Brasil.


A Constituição Federal de 1988- aprovada pela Assembleia Nacional Constituinte em 22 de setembro de 1988 e promulgada em 5 de outubro de 1988- assegura como direito fundamental da República Federativa do Brasil, a erradicação da pobreza. Entretanto, uma pesquisa feito no ano de 2018 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apresentou em números absolutos que, 5,2 milhões de brasileiros de 0 a 14 anos na extrema pobreza e, e 18,2 milhões na pobreza. Outro fato mencionado pela instituto é que crianças e jovens são os mais afetados pela pobreza. Deve-se pontuar, de início, que a pobreza não é um óbice recente, visto que ela integra em nosso país desde a época da colonização escravagista. Quanto a essa questão é notório averiguar que o próprio fim da escravidão, sem a devida compensação e cuidado com os escravos libertos, fez com que essas pessoas se inserissem em um contexto de extrema pobreza. Além disso, o êxodo rural para cidades sem estrutura, fez com que a população pobre se ampliasse consideravelmente, principalmente durante o século XX. O cenário de pobreza traz uma série de consequências para os indivíduos e para o país onde vivem. Situações de fome, doenças epidêmicas, desemprego, carência de saneamento básico, emigração, violência, discriminação, aumento de pessoas sem abrigo e baixa esperança de vida são apenas alguns dos efeitos gerados pelo contexto de pobreza. Essas consequências são bastante evidentes, uma vez que encontramos várias famílias sem condições de moradia favoráveis; moradias sem a devida infraestrututra e o devido saneamento básico. A pobreza do Brasil também revela as disparidades regionais devido aos anos de concentração da política e das indústrias no sul do país. Os estados do norte e nordeste têm os maiores índices de pobreza, e Maranhão, Piauí e Alagoas são aqueles que possuem a maior proporção de pobres. Vale ressaltar, também, que memso com a criação de alguns programas sociais pelo Governo Federal, como Bolsa Família e Minha Casa Minha Vida, o empecilho ainda persiste na nação brasileira. Desse modo, infere-se que a miséria é um estorvo possui suas raízes históricas, que acarreta a desigualdade de certa parcela da população nacional, desfavorecendo não só esta partilha populacional, mas também o desenvolvimento econômico brasileiro. É indubitável, portanto, há entraves para que milhões de famílias tenham o deivo acesso a uma condição de vida melhor. Dessa maneira, é imprescíndivel o papel do Governo Federal na criação de medidas sobre a questão, em diversos setores como: educação, saúde, saneamento básico, infraestrutura, entre outros. "O Brasil precisa explorar com urgência a sua riqueza -porque a pobreza não aguenta mais ser explorada. Esta frase do médico brasileiro Max Nunes, mostra que é inevitável que este ponto seja resolvido para a garantia dos direitos e bens de todos.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!