O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Pobreza no Brasil

No decorrer do século XXI, a pobreza em meio à população, é um dos principais problemas que o Brasil foi convidado a dirigir, combater e resolver. No contexto atual infelizmente, esse fato negativo ficou ainda mais evidente devido às diferenças de classes sociais. Isso se evidencia não só pela desigualdade social, mas também pelo papel frágil da educação.
Em primeiro lugar, a Constituição de 1988 garante os direitos igualitários para todos os cidadãos. Logo, é certo que esse fato não obteve tanto sucesso, por causa das desigualdades sociais que mediante distribuição de renda inadequada favorecendo uma minoria, enquanto a maioria vive e convive com os dilemas e problemas de uma má divisão. Assim, em alguns casos sobrevivem em condições precárias sem os recursos básicos de sobrevivência tais como saúde, alimentação entre outros. Consequentemente, segundo o IBGE, o impacto referente à pobreza que algumas famílias de origem mais humilde sofrem é algo crítico e necessita de melhorias, o que evidencia ainda mais os fatores citados.
Além disso, a fragilidade educacional brasileira dificulta a resolução da erradicação da pobreza no Brasil. Conforme o filósofo Sêneca, ''A educação exige os maiores cuidados, porque influi sobre toda a vida??. Sob essa ótica, há de considerar que os meios educacionais são de extrema importância na formação do indivíduo e na construção da sua carreira profissional que prioriza a busca de uma condição de vida melhor, porém, sabe-se que o elevado número de desempregados torna-se algo alarmante e é notório isso está ligado, diretamente, à falta de qualificação acadêmica, o que coopera para o aumento das classes mais pobres. Essa situação lamentável está relacionada ao pouco investimento para as instituições de ensino de forma eficaz que, certamente, é fundamental para a construção de um futuro com menos habitantes em situação de miséria.
Diante do exposto, medidas são necessárias para resolver o impasse. De acordo com o sociólogo Gilberto Freyre, o saber deve ser como um rio, cujas águas doces, grossas, copiosas, transbordem do indivíduo. Em razão disso, cabe ao Estado promover melhorias no sistema pedagógico, por meio da criação de novos cursos profissionalizantes desenvolvendo várias áreas do conhecimento, como oportunidade de aprendizado, para que as pessoas fiquem capacitadas para o mercado de trabalho e conquistem uma profissão digna, com o objetivo de oferecer condições melhores além da mendicância. Ademais, cabe ao Governo atuar de maneira a auxiliar o lado em que o poder é menos exercido, por intermédio da ampliação dos programas de ajuda e aumento salarial, com o objetivo de amenizar a gravidade da pobreza e a desigualdade no século XXI, e assim proporcionando um país mais justo.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!