O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Os desafios para manter um sistema de saúde público no Brasil

A constituição de 1988 _ Norma superior do sistema de leis do Brasil _ assegura a todos os cidadãos o direito a saúde e bem-estar. Contudo, a atual condição do sistema público de saúde brasileiro não é capaz de atender plenamente ao proposto na Constituição. Nesse ínterim, são necessários subterfúgios a fim de reverter este quadro.


Para tanto, é notável que os recursos para o atendimento da demanda total dos pacientes são insuficientes. Bem como representam as mídias _ em especial a televisão _ os postos de saúde e unidades de atendimento de casos mais complexos estão organizando atendimentos em fila, em certos casos o atendimento pode demorar meses. Recentemente o Brasil em acordo com Cuba trouxe médicos cubanos para suprirem parte da demanda por estes profissionais, porém este mesmo acordo foi quebrado no início de 2019 pelo presidente Jair Bolsonaro. Logo, é clara a incapacidade do SUS (Sistema único de saúde) de ofertar atendimento eficientemente a todos que requisitam vista a deficiência de recursos como hospitais e médicos.


Em decorrência da condição explanada anteriormente, prolonga-se o sofrimento causado pela enfermidade bem como em muitos casos há agravamento da doença em virtude do tempo. Nesse sentido, é notório que alguns males como o câncer, doenças degenerativas, viroses, e infecções exemplificam que a possibilidade de recuperação do paciente é inversamente proporcional ao tempo de início e qualidade do tratamento, por isso, algumas pessoas acabam falecendo antes de serem atendidas ou em função da negligência neste. E portanto, são inadmissíveis as consequências trágicas advindas do mal funcionamento do SUS.


Diante do exposto, é necessário que medidas sejam tomadas para mudar esse contexto. Logo, compete ao Presidente da República o redirecionamento de recursos financeiros da união para a secretaria de saúde, a fim de que se possa atender mais pessoas. Por parte do SUS, compete a formalização dos casos em situação de espera, a exposição destes dos dados para a sociedade e governo, com o objetivo de gerar maior engajamento tanto público quanto político na melhoria do sistema de saúde brasileiro.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!