O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Os desafios da sexualidade na adolescência

 O modelo estrutural das instâncias psíquicas desenvolvido pelo psicanalista Sigmund Freud explica que os impulsos sexuais nascem com o ser e à medida que o adolescente cresce surgem imposições sociais acerca do assunto, gerando um auto questionamento. Nesta perspectiva, torna-se difícil, na realidade brasileira, ultrapassar as barreiras da puberdade impostas pela sociedade que incluem os “tabus” sobre sexo, devido às consequências como o aumento da gravidez precoce, assim como a reemergência de doenças e infecções sexualmente transmissíveis. Dessa forma, é preciso orientar os jovens a respeito dos prazeres ligados ao corpo humano.                                                           


 Entre os desafios que permeiam a compreensão da afetividade, destaca-se a propagação de falácias baseadas no senso comum, além de “tabus” e preconceitos que demonstram uma resistência cultural na discussão sobre sexo e que acabam afastando a juventude de diálogos com embasamentos científicos. E ainda, a falta de acesso à saúde pública de qualidade que não é visualizada como nacionalmente distribuída sendo contrária ao que está previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente, presente na lei 8069 de 1990, influencia na desinformação. É evidente que a falta de conhecimento e orientação afirma a vulnerabilidade das meninas e meninos no âmbito social, obedecendo ao fenômeno conhecido como viés de grupo que se refere à uma tentativa de inserção numa coletividade. Nesse sentido, os jovens tornam-se suscetíveis a desdobramentos negativos durante sua vida sexual.                                                                                                         


 Além disso, tais obstáculos geram consequências como o amadurecimento antecipado e o advindo de responsabilidades numa idade anterior ao que seria normal, interrompendo o avanço dos estudos e realização de sonhos pessoais, como mostra na série "Euphoria", produzida pela HBO, em que a personagem Cassie engravida do seu namorado e tem que decidir entre prosseguir com a geração da criança ou optar pelo aborto. Ademais, a perda da juventude, que ocasionou o diagnóstico de aids na personagem da obra literária de Valéria Piassa Polizzi denominada "Depois daquela viagem", está relacionada também aos preservativos sexuais que, apesar da existência de diversas campanhas públicas com a tentativa de disseminar a importância do uso de camisinhas, ainda são falhas as medidas governamentais quando observa-se um ressurgimento de DSTs e ISTs.                               


  Portanto, para combater as compulsórias sociais em relação a curiosidade afetiva na adolescência é imprescindível que o Estado, junto ao Ministério da Saúde, continue realizando campanhas de conscientização, bem como a distribuição de camisinhas, e comecem a adotar como iniciativa a introdução da educação sexual nas escolas públicas e privadas com a finalidade de diminuir o número constantemente crescente de infecções e doenças, além de orientar garotas e garotos sobre como administrar seus estímulos nervosos e possuir uma comunicação aberta e consciente com seus respectivos parceiros sexuais.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!