O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Os desafios da sexualidade na adolescência

Atualmente, diversos são os problemas relacionados à sexualidade na adolescência no Brasil. A alta taxa de pessoas infectadas por doenças sexualmente transmissíveis (DST's) e a gravidez precoce constituem esses desafios. Essa problemática se dá pela ausência de educação sexual pelos pais e escolas e a sexualização midiática imposta aos jovens.
Embora seja um dever do Estado e das famílias auxiliarem os adolescentes em sua formação sexual, esses agentes não o fazem. A cristalização da temática sexualidade na adolescência como um tabu caracteriza a sociedade brasileira. Essa consolidação é um grande empecilho social, pois se projeta espontaneamente nas famílias e no governo do País. Esses, que deveriam ser tutores dos jovens na fase da descoberta dos desejos, acabam ignorando a temática. Os adolescentes acabam, por conseguinte, tendo que aprenderem, sozinhos, a discernirem o nocivo do seguro. Dentre as consequências desse ato há o alto contingente de pessoas que adquirem DST's0000 como a sífilis.
Convém ressaltar, também, que, conquanto tenha grande influência na formação dos adolescentes, as mídias não auxiliam no combate aos problemas que se relacionam com a sexualidade na idade. Segundo John B. Watson, o comportamento humano é moldado com base em fatores sociais e culturais. A visão do psicólogo aplica-se em relação às mídias sociais e televisivas e os adolescentes, pois esse têm sua visão de mundo formada, em parte, por elas. Tal desenvolvimento é, no entanto, nocivo, pois as mídias atuam de modo que não os conscientizam sobre os problemas que circundam o sexo,esse é tratado apenas como ato consumista, para o prazer. A taxa de mães na adolescência -que soma mais de 10%- refletem essa ausência de conscientização
Portanto, são perceptíveis diversos problemas relacionados à sexualidade na adolescência, e para saná-los é fundamental que toda sociedade de consolide. Para tal resolução governo federal, apoiado pelo Ministério da Educação, deve criar, em escolas, palestras de educação sexual- ministradas por médicos e psicólgos- , que incluam, também, participação dos pais dos jovens. Ademais, o MEC, deve, com parcerias de ONG's, criar propagandas que alertem os perigos da sexualidade
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!