ENTRAR NA PLATAFORMA
Os desafios da Educação Inclusiva no Brasil
A Declaração Universal dos Direitos Humanos, em vigor desde 1948, garante a todos os indivíduos o direito de uma vida diga. A sociedade líquida, entretanto, bem como a ineficácia de políticas públicas de Émile Durkheim, impedem que crianças brasileiras tenham uma educação inclusiva. Com efeito, evidencia-se a necessidade de promover palestras acerca do tema, além de medidas capazes de alterar esse cenário.
Em primeira análise, é válido referenciar o conceito de modernidade líquida de Zygmun Bauman, filósofo polonês, o qual promove reflexões sobre a sociedade atual pautada em valores imediatistas, individualistas e superficiais. Esse entendimento se relaciona à importância de discutir sobre a diversidade entre crianças e o todo, na medida em que ao estarem imersos nesse panorama líquido o sujeito perde o interesse nesse assunto, aumentando, assim, as chances de cometê-lo.
Vale ainda reconhecer, como outro ponto relevante nessa discussão, que o Estado cumpra uma função importante na relação coletivo-indivíduo, além de organizar a vida social. Segundo Émile Durkheim, quanto mais forte o Estado, mais o indivíduo é respeitado. Dessa forma, a ineficácia de políticas públicas oferecidas a todos os indivíduos, visando regular e finalizar o preconceito em menores com necessidades especiais, contribuindo para que as pessoas procurem saber mais sobre relações políticas e deixem de pertencer ao corpo social, consequentemente estimando uma construção cidadã maior.
Intervir nas necessidades da questão é, portanto, indispensável para promover as transformações sociais requeridas. Nessa perspectiva, é preciso que a mídia, padronizando os personagens de acordo com sua maneira de igualdade, podendo investir em campanhas que incentivem esse grupo a procurar saber lidar com essa diversidade, visando reduzir sentimentos e atitudes negativas. Da mesma forma, é preciso que o Ministério da Educação junto com as escolas, por meio de palestras ministradas por professores e psicólogos, abordem mais profundamente essa questão, assim instruindo as crianças a terem um convívio com qualquer menor diversa. Com a efetiva prática dessas medidas, atendendo esses indivíduos, será possível vivenciar uma sociedade mais equilibrada em suas relações.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde