O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Obsolescência programada

Segundo o sociólogo contemporâneo Zygmunt Bauman, "Vivemos em tempos líquidos, nada foi feito para durar" a partir desta premissa, o mundo pós crise de 1929, vive a era do consumo exacerbado. As industrias desenvolvem e fabricam um produto para o consumo no intuito de que se torne ultrapassado ou não funcional, em um curto espaço de tempo, para incentivar a compra da nova geração da mercadoria. Dessa forma a obsolescência programada não deve ser tratada com indiferença, uma vez que causa impactos diretos ao meio ambiente, ao planejamento econômico do indivíduo e até as configurações do mercado. Contudo as formas de eliminação desses eletroeletrônicos não são amplamente difundidas bem como não a postos de coletas que atendam as demandas. Nessa lógica é impreterível a necessidade de uma intervenção, já que o consumo exacerbado leva a uma queda na qualidade de vida no planeta. Assim, fica claro a necessidade de uma vida mais sustentável para o cidadão que vive em uma bolha consumista.


A priori, é imperioso ressaltar que a necessidade de consumir tornou-se um ciclo vicioso para a população. De acordo com a escola de Frankfurt, a indústria aliena a massa a gostar de um produto, a fim de que todos comprem e que sua produção aumente. Em meio a isso, entende-se que tal fato torna-se um ciclo vicioso, e de curto prazo, em que a todo momento há a necessidade de obter um produto mais recente, sendo verifica-se que medidas como a reciclagem devem ser inseridas no cotidiano da população.


Cabe mencionar ainda que de acordo com o G1, no Brasil, cada indivíduo produz cerca de 300 Kg de resíduos por ano. Grande parte desse número refere-se a produtos eletrônicos e objetos que levam anos para sua decomposição, em contrapartida as indústrias retiram cada vez mais recursos naturais para a produção de novos futuros lixos. Além disso, vale ressaltar a grande quantidade de poluentes liberados pelas indústrias químicas, e também a insalubridade para a população que trabalha nesse ambiente. Assim, torna-se indispensável o uso de químicas verdes e energias sustentáveis.


Em suma, faz-se imprescindível a premência de medidas para combater o problema supracitado. Para isso, concerne ao governo de que haja uma maior atuação estatal, no sentido de regular e criar políticas públicas que de fato garantam um meio ambiente equilibrado, mudando totalmente os atuais padrões de consumo, através de uma fiscalização mais rígida das empresas que praticam a Obsolescência Programada e não dão informações claras e precisas aos consumidores, além de melhor educá-los e informá-los sobre seus direitos e sobre os males trazidos ao meio ambiente pelo descarte irregular de resíduos eletrônicos.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!