ENTRAR NA PLATAFORMA
O streaming e a revolução no consumo de mídias

   As ondas de rádio descobertas por Henrick Hertz, no início do século passado, possibiltou a criação do rádio, a primeira ferramenta ultrarápida de informação e entreterimento do mundo moderno.No entanto, com o "Boom" tecnológico das décadas subsequentes, a rádio compartilhou com a TV e posteriomente com a internet o papel de conectar e intreter a sociedade.Assim sendo, na atualidade, o surgimento de plataformas oriundas da internet, os chamados streamings,  oferecem um sistema personalizado e rápido de entreterimento, colocando em voga  a relevância de outras mídias no cenário mundial.


    Em primeiro plano, a rádio possibilitou o contato em tempo real a longas distâncias.Todavia, com o avanço tecnológico das últimas décadas, a rádio e a Tv perdeu relevância para serviços personalizados e sem propaganda, segundo o IBGE os serviços de streaming cresceram 80% nos últimos 10 anos.Por conseguinte, esse cenário de personalização da plataforma,isto é, a possibilidade de escolher músicas, filmes e séries na hora em que quiser abre um espectro de indepêndencia entre usuário e as grandes empresas como Netflix, Spotify e YouTube.


        Ademais, a tecnologia informacional faz parte do cotidiano da sociedade.Sobre essa perspectiva e parafraseando o pai do liberalismo econômico Adam Smith, o sucesso de uma empresa acarreta no fracasso de outra.Ou seja, se por um lado o streaming está ganhando cada vez mais espaço e relevância no entreterimento mundial, as Tvs sobretudo, pagas perdem o público, desequilibrando a balança e contribuindo para a hegemonia dos serviços de streamings.De acordo com jornal Correio Braziliense a Tv perdeu 40% da sua audiência nos últimos 20 anos. 


    Em suma , o entreterimento é um dos pilares da sociedade moderna.Por trás dessas lógicas, torna-se fulcral que as grandes mídias como Tvs, rádios e jornais promovam medidas de adaptação a nova realidade da comunicação.Tais medidas devem contemplar a construção de plataformas de streamings para os canais de televisão e de rádio, acesso grátis por um tempo determinado e dinamização do conteúdo ofertado.Tudo isso com objetivo de atualizar meios antigos de entreterimento as streamings.Visto que todas as formas de mídias contribuem para o processo de democratização do conhecimento.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde