O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

O silenciamento das mulheres na sociedade

   A obra "Utopia" de Thomas More, é retrata uma sociedade perfeita na qual o corpo social padroniza-se pela ausência de conflitos e defeitos. Entretanto o que se observa na realidade vai em oposição as prerrogativas do autor, haja visto que o silenciamento das mulheres se faz presente na sociedade contemporânea e surge como uma barreira para os planos do autor. Assim para que seja possível reverte esse cenário, faz se necessário entender como resquícios de uma sociedade patriarcal, bem como o conflito de gerações são características dessa realidade social.


 


   Em primeira análise, cabe ressaltar como a entrada da mulher no mercado de trabalho foi decisiva para a mitigação do patriarcalismo. Consoante ao pensamento do filósofo Emilie Durkheim, as ações individuais são influenciadas pelo meio social. De maneira que com o início das grandes guerras mundiais as mulheres foram ingressadas no mercado de trabalho diante da escassez de mão de obra e a partir de então conquistaram seu lugar. Nesse sentido, a mudança de cenário onde as mulheres passam a ser uma das provedoras de renda em meio a uma sociedade que teve durando longos séculos a figura masculina como protagonista dessa posição gera como consequência atitudes, não sexo masculino como também da sociedade, que busquem deslegitimar o poder e a representatividade feminina. Com isso, interrupções durante a fala feminina e situações como a representada no filme “Estrelas além do tempo” no qual o esforço e contribuição da mulher são menosprezados diante de cooperações com homens são formas de calar as mulheres.


 


   Em segunda análise, vale destacar como o conflito de gerações tem acentuado o silenciamento feminino. No campo de estudo da antropologia, cultura é o conjunto de modos de agir e pensar construídos e transmitidos no sustento da sociedade. Nesse sentido, muitas práticas culturais, são na verdade heranças preconceituosas, intolerantes e retrógadas que se perpetuam por serem antigas, como por exemplo arquétipos criados para diminuir a figura feminina na sociedade ao subtrair e em muitos casos excluir seu lugar de fala, como também suas possibilidades no mercado de trabalho. Isso acontece porque a na sociedade atual uma estrutura machista que vê como inevitável o crescimento do poder e influência femininos e buscar restringir silenciando-as.


 


   Fica evidente, portanto, que o silenciamento das mulheres socias é um ato recorrente na sociedade e precisa ser sanado. É dever do Governo em pareceria com os meios midiáticos promover o debate sobre a temática com o intuito de torna perceptível práticas que silenciem ou menospreze a fala feminina. Por meio de exemplos didáticos como por exemplos o filme “Estrelas além do tempo” em que eduquem a sociedade a combater tais práticas retrógadas para o desenvolvimento da sociedade. Além disso, é imperiosa a desconstrução de incapacidade feminina construída ao longo dos tempos. Para que hábitos antigos não silenciem as mulheres e que assim elas possam exercer e expressar suas ideias, pontos de vista e ideologias contribuindo para o meio social.


 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!