ENTRAR NA PLATAFORMA
O reflexo da tecnologia no mercado de trabalho e as novas profissões
Com o advento da Revolução Industrial, houve, em todo o mundo, uma grande mudança no método de trabalho. A partir dela, a tecnologia passou a estar cada vez mais presente nos meios trabalhistas. Nesse contexto, novas profissões surgiram e outros se extinguiram. Em consequência desse avanço, muitas pessoas acabam não se adequando aos pré-requisitos do mercado de trabalho e essa problemática precisa ser discutida.
Desde o final do século XX, com o surgimento do neoliberalismo toyotista, a inovação é sempre requisitada e a forma de exercer ofícios sempre evolui. Antes da invenção da energia elétrica, por exemplo, existiam profissionais responsáveis por ascender os postes, hoje, esse serviço não é mais requisitado. Assim como aconteceu com esses profissionais, atualmente, muitas profissões se tornam obsoletas. Isso resulta em uma grande quantidade de pessoas desempregadas, mesmo que vagas apareçam todos os dias.
Além disso, um importante reflexo da tecnologia no mercado de trabalho é o aparecimento de novos ofícios. Um grande exemplo disso é o youtuber, trabalho que, há 10 anos atrás, poucas pessoas imaginariam ser possível de existir. As profissões já existentes também sofreram mudanças: um arquiteto, ao criar um projeto, por exemplo, usava apenas papel, hoje, com os computadores, ele pode utilizar aplicativos para facilitar seu trabalho.
Evidencia-se, portanto, a necessidade da população estar sempre atenta as inovações. Desse modo, o Ministério da Educação deve, juntamente com empresas relativas a cada setor profissional, oferecer cursos de capacitação para as diversas áreas, sempre trazendo os novos avanços tecnológicos requisitados pelo mercado de trabalho. Desta maneira, a sociedade passará a sempre acompanhar este desenvolvimento e o reflexo da tecnologia no meios trabalhistas será sempre positivo.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde