ENTRAR NA PLATAFORMA
O porte de armas no Brasil
Desde 2003, o Estatuto do Desarmamento, o qual proíbe a venda de arma de fogo e munição em todo o território nacional, vigora no Brasil como uma importante ferramenta para o combate da extrema violência. Entretanto com o pseudo desarmamento que acomete o país, a revogação dessa lei de desarmamento - para que todo cidadão possa se sentir seguro portanto armas - virou palco de inúmeras discussões. Nesse contexto, o individualismo e o machismo matará mais pessoas com o porte de arma liberado.
É notório que uma das características é o individualismo exacerbado, portanto, a vida do próximo não possui grande valor. Isso acontece porque as pessoas, conforme defende o sociólogo Zygmunt Bauman, buscam não se envolver nas relações interpessoais que desenvolvem ao longo da vida. Por consequência disso, o individualismo é bastante desenvolvido e as pessoas, muitas vezes, passam a não se importar em machucar outras pessoas. Sendo assim, com o armamento civil, as armas poderão ser usadas para fins pessoais e não apenas para a segurança.
Além disso, o machismo ainda persiste na sociedade brasileira e influencia nas ações de uma fração populacional. Isso acontece porque, seguindo a teoria ''Habitus'' de Pierre de Bourdieu, a sociedade incorporou esse comportamento, naturalizou e passou a reproduzir em suas ações. Em decorrência disso, muitas mulheres correm risco de vida com o armamento liberado à medida em que um companheiro agressivo terá mais chance de possuir uma arma e utilizá-la contra sua companheira. Por conseguinte, as mulheres não terão a chance de denunciar as agressões e crescerá o número de feminicídio.
Torna-se evidente, portanto, que a revogação do Estatuto de Desarmamento trará mais violência. Logo, é preciso que o Governo informe aos brasileiros que o armamento seria um problema e não uma solução, com propagandas - didáticas e persuasivas - veiculadas na mídias sociais, que mostrem que em uma sociedade tão individualizada e machista o índice de homicídio aumentaria a fim de que menos pessoas sejam adeptas ao armamento civil.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde