O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

O porte de armas no Brasil

Primordialmente, como dito pelo filósofo Thomas Hobbes: "- O homem é o lobo do homem". A sociedade contemporânea enfrenta grandes indícios de violência e não apresenta condições para a legalização do porte de armas. Além disso, é notório que as mortes por armas de fogo aumentam quando há o livre acesso.
Inegavelmente, crimes acontecem diariamente. Logo, as pessoas buscam meios de se defender da violência. Quando há o anseio por proteção de seus bens e a falta de uma segurança efetiva, o indivíduo passa a desejar o porte de armas.
Ademais, cidadãos que defendem o livre acesso às armas de fogo, na maioria das vezes, não consideram os riscos. Por exemplo, nos anos entre 1980 até 2003, onde não existia o Estatuto do Desarmamento, os homicídios cresceram aproximadamente 8% ao ano, segundo o Ministério da Saúde. Questões psicológicas e sociais também estão ligadas a temática, tendo em vista que não são todos que estão habituados a utilizar um objeto nocivo a vida.
Em suma, atestamos que o porte de armas pode prejudicar em áreas sociais e pessoais. O Estado, responsável pela segurança pública, deve investir no aumento dos policias nas ruas e em câmeras de vigilância pública afim de, fiscalizar os portadores de armas e retirar a maior quantidade de armas ilegais que estão nas mãos de criminosos, deixando assim a população segura.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!