O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

O porte de armas no Brasil

Educação a base de tudo
O porte de armas no território brasileiro é um dos maiores problemas os quais afligem a população no século XXI.Nesse contexto, com o advento da guerra fria houve um grande aumento na produção de material bélico, porém não utilizado, hoje muitos desses servem a exércitos faccionais em países subdesenvolvidos. Sendo assim, fatores como um sistema educacional carente e sistema penitenciário frágil dificultam a viabilidade de uma liberação do armamento civil.
A priori, deve-se destacar que sem uma base educativa eficaz é impossível formar cidadãos com consciência de portar um revolver. Visto que, com um sistema pedagógico com falhas as pessoas se tornam mais fáceis de serem manipuladas, com o governo sempre em vantagem a questão da educação fica fora dos planos. De forma que, o indivíduo por não possuir um nível de instrução adequado se torna incapaz de possuir um artefato que pode agredir ou até mesmo tirar a vida de um próximo, mesmo que esse artifício seja para o proteger. Concordando com a teoria do filósofo Immanuel Kant "o homem não é nada além do que a educação faz dele "
Ademais, ressalta-se que o complexo de cadeias continuam a não executar sua função, que é de reeducar o encarcerado. As margens da sociedade, os prisioneiros, são tratados como animais por um governo que os vêem como causa perdida, assim não investindo no sistema carcerário que seja capaz de trazer esses marginais de volta a vida em sociedade.Com isso, o indivíduo não se consegue reinserir na esfera social e acaba se isolando da comunidade. Contrariando a teoria do metafísico Jhon Donne, "nenhum homem é uma ilha".
Percebe-se, portanto, que agentes como a educação e um conjunto de cadeias eficaz são preponderantes quando a questão do porte de arma.Logo,torna-se imperativo que a escola, junto com ONG'S, conscientize as pessoas por meio de palestras com psicólogos e psicanalistas acerca do assunto, com objetivo de o indivíduo consciente não pratique crimes que vão levar a terceiros querer se proteger com poder de fogo. Por conseguir, pressupõe que diminua o índice de criminalidade sem que seja preciso liberar o porte de arma. Por fim, urge valorizar a educação, pois a luta passa a ser também, pedagógica.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!