ENTRAR NA PLATAFORMA
O mercado de cosméticos falsificados

Atualmente, muitas mulheres optam por usar a maquiagem a fim de se sentirem melhor e mais confiantes, contudo, diante de uma forte idealização social de “mulher perfeita”, as propagandas e o mercado de cosméticos se intensificam, incluindo o comércio de produtos falsificados. Dessa maneira, os baixos preços dos itens ilegítimos e a promessa de resultados iguais chamam a atenção das consumidoras que não têm condições de adquirir uma maquiagem importada original e que querem de certa forma demonstrar um status.

Propagandas, redes sociais e estereótipos são grandes influenciadores para as pessoas comprarem ainda mais os produtos de beleza, incentivando ao consumismo exacerbado. Ao adquirir um produto falsificado, além de financiar uma prática ilegal, pode ser muito prejudicial para a saúde porque o que está disposto na embalagem não necessariamente corresponde ao que foi feito na produção, podendo incluir agentes químicos perigosos na sua composição, visando que não possui fiscalização pelos órgãos reguladores de qualidade.

De acordo com estudos internacionais, a China é o país que mais fabrica e exporta esses produtos a preços baixíssimos, sem fiscalização nem regulamentação, e com a movimentação em grande escala, o impacto econômico gerado devido ao comércio de falsificados é enorme, em 2013 atingiu o equivalente a 2,5% do comércio total global, de acordo com o Jornal El País. Plataformas de e-commerce como Wish e AliExpress são grandes exportadoras de produtos falsificados, portanto são facilitadoras da prática ilegal que é a venda de itens de beleza que não passam por nenhuma fiscalização.

Sabe-se que, como a maioria dos produtos com avaras na composição são importados ao Brasil, é imprescindível que haja uma movimentação maior nas fiscalizações aeroportuárias por parte de órgãos como a Receita Federal e Polícia Federal no setor de importações, como a exigência de declaração de conteúdo, de modo a diminuir a entrada de itens sem inspeção. Ademais, é importante que a Anvisa ressalte para a população, por meio de propagandas nas rádios e nos canais de televisão, que existem opções genéricas de maquiagem que seguem com as legislações, sendo uma alternativa para evitar a compra e venda de cosméticos falsificados e suas consequências.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde