ENTRAR NA PLATAFORMA
O legado da escravidão e o preconceito contra negros no Brasil

De acordo com a Constituição Universal dos Direitos Humanos, promulgada em 1948, o racismo constitui-se como crime inafiançável e insuscetível de graça ou anistia. Entretanto, hodiernamente, no Brasil, essa prática ainda é evidente no dia-a-dia populacional. Sendo assim, é imprescindível trazer à luz o debate sobre os aspectos históricos e as consequências advindas dessa temática.


Em primeira análise, vale ressaltar que, historicamente, o Brasil é marcado pela segregação racial, ocasionada pelos mais de 300 anos de escravidão desde o período colonial. Essa, de acordo com o cantor e ativista do movimento negro, Emicida ‘’é a principal cicatriz histórica do país’’. Dessa forma, a primícia para correção e equiparação social, no tocante à igualdade das raças, deve partir da educação da população, com o intuito da obter o fim dessa prática degradante e criminosa.


Ademais, convém frisar que, diariamente, pessoas ainda sofrem preconceito devido à origem racial em todos os lugares. Isso fica comprovado com as constantes manifestações de torcidas contra jogadores de futebol negros. Em outra perspectiva, essas atitudes são evidências de que a política de cotas em concursos públicos é uma prática necessária na atual conjuntura do país. Por isso, a ‘’cultura do coitadísmo’’, citada pelo presidente Jair Bolsonaro- ao ser questionado sobre a importância das cotas- revelam uma ignorância histórica e social da nação que ele governa.


Logo, para que o legado da escravidão seja superado no Brasil, urge que o Poder Judiciário fiscalize de forma contundente a aplicação das leis contra as atitudes discriminatórias, por meio de agentes federais qualificados, além de implementar uma vasta divulgação dos canais de denúncia, a fim de erradicar essa cicatriz no país. Ainda mais, o Ministério de educação deve obrigar as escolas primárias a debaterem os aspectos da cultura negra, porque, de acordo com o Padre Antônio Vieira, ‘’a educação é moeda de ouro, tem valor em todo lugar’’.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde