O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

O legado da escravidão e o preconceito contra negros no Brasil

É necessário enfatizar que a situação do racismo no Brasil é precária e precisa ser discutida. O contexto histórico no qual a população negra brasileira está inserida e a falta de suporte a essas pessoas, principalmente por parte do Estado, geram desde o alto nível de preconceito ainda existente, até a marginalização de grande parte dos negros no país. Logo, são necessárias medidas para atenuar essa realidade e garantir o bem-estar social.
Em primeiro lugar, deve-se destacar a existência de motivos que compõem essa calamitosa realidade. Desde o início do período colonial, até o ano de 1888, foi legalmente utilizada no Brasil a mão de obra escrava. Dessa forma, o negro era visto pela sociedade como um ser inferior e sem direitos. Além disso, após a promulgação da Lei Áurea , responsável por tornar a escravidão ilegal, a sociedade e o governo da época não prestaram nenhum tipo de auxílio aos que até então eram tratados apenas como uma mercadoria. Desse modo, para sobreviver tiveram que buscar trabalhos informais e moradias em locais inadequados.
Em segundo lugar, podem-se considerar efeitos somados a vigente conjuntura. Como os altos índices de racismo ainda presentes na sociedade brasileira, que dificultam ainda mais a inclusão social da população negra. Apesar de ser maioria no Brasil, ainda são as pessoas que mais encontram dificuldade no acesso a serviços de qualidade -principalmente saúde, educação e segurança- que deveriam ser os direitos básicos de qualquer cidadão.
Portanto, medidas devem ser tomadas visando a luta pelo fim do racismo. Por isso, a mídia -incentivada pelo governo- deve usar seu poder de influência na promoção de ideias de inclusão social e de conscientização da sociedade. Uma das principais formas de realizar esse trabalho é através da representatividade em programas de televisão, como filmes e novelas, onde atores negros podem ser escalados para interpretar papéis diferentes dos que tanto reforçam os estereótipos -de infratores da lei ou empregadas domésticas- já existentes na sociedade. Usando-se assim de uma das principais artes apreciadas pelos brasileiros para um processo de mudanças nos pensamentos que há séculos nos foi imposto.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!