ENTRAR NA PLATAFORMA
O lado negativo do carnaval

Na obra ''Utopia'', escrita por Thomas More, é retratada uma sociedade perfeita, ou seja, em que o corpo social se padroniza pela ausência de conflitos. Obstante ao exposto, pode-se afirmar, de forma clara, que o lado negativo do carnaval apresenta problemas para a concretização dos planos propostos por More. Esse cenário antagônico é fruto tanto da grande quantidade de lixo produzido e descartado indevidamente nas ruas, principalmente, das grandes capitais do Brasil, dessa forma, contribuindo para o acúmulo de lixo, quanto, também, devido à falta de segurança nesses eventos, com isso, ocasionando anomalias, como exemplo, assaltos, na qual acentuam o despreparo dos governantes para produção dessa manifestação artística. Com base no supracitado fica evidente a discussão desses aspectos a fim do pleno funcionamento da ordem social vigente.


Precipuamente,é fulcral pontuar que o óbice deriva da grande quantidade de lixo produzido e descartado nas ruas das metrópoles. Segundo a Autoridade Municipal de Limpeza Urbana, em 2018, na cidade de São Paulo, foram recolhidas cerca de 958 toneladas de lixo descartados em ambiente urbano, devido o desfile das escolas de samba. Quem mais sofre às consequências dessas atitudes mazelosas são os próprios cidadãos moradores da cidade, em que terão seus acessos as avenidas paralisados, além do provável aparecimento de doenças que utilizam o lixo como vetor propagador, por exemplo, a leptospirose, oriunda da urina de ratos, dessa forma, não fazendo-se valer os direitos assegurados pela Constituição Federal brasileira, com isso, caracterizando uma anomia social.


Em segunda análise, é primordial também destacar a ausência de segurança pública nesses eventos como fator impulsionador do quadro. De acordo com o veículo de informações G1, em apenas cinco dias de carnaval, no ano de 2018, foram registrados quase 2000 Boletins de Ocorrência. Os frutos dessas vulnerabilidades são vistos, principalmente, durante o período de carnavalesco, em que ocorre o aumento na quantidade de assaltos, assasinatos, além da grande quantidade de indivíduos que frequentam esses locais e depois fazem sexo inseguro, promovendo a propagação de Infecções Sexualmente Transmissíveis, como exemplo, a Aids.


Com base no caso exposto, analisado e criticado, torna-se necessário a adoção de medidas com o propósito de diminuir o quadro. Destarte, o Estado deve criar alianças com empresas privadas visando redirecionar capital que por intermédio do Ministério do Meio Ambiente será convertido na criação de campanhas por meio de vias digitais visando mostrar à população do quão mazeloso é acumular detritos em ambiente público. Em adição, por meio do Ministério da Saúde junto com o Ministério da Educação será revertido na criação de matérias escolares obrigatórias, mostrando maneiras de reaproveitar o lixo, além da coleta seletiva, também deve ser criado palestras nas instituições de saber acetuando a importância da prevenção durante a relação sexual, para que assim atenue a epidemia. Com a utilização das medidas propostas anteriormente, o estresse citado deixará de causar influência nos modelos de More, com isso, propagando a utopia.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde