ENTRAR NA PLATAFORMA
O histórico desafio de valorizar o professor

O educador e filósofo brasileiro Paulo Freire afirmava que "se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda". Em paralelo com a realidade hodierna, é notória a importância da figura do educador para o desenvolvimento e estabelecimento de uma nação ética. Contudo, o histórico desafio de valorizar o professor, ainda é genuíno em muitos países, e isso se evidencia não só pelos baixos salários, como também pelas péssimas condições de trabalho.


É importante atentar-se, em primeira análise, à baixa média salarial do professor. Segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP), 99% dos professores brasileiros ganham menos que 3500 reais, e isso é preocupante, pois explicita a desvalorização sofrida por uma profissão que pode ser considerada pilar de toda e qualquer sociedade. Nesse contexto, observa-se uma diminuição da oferta de novos docentes, tendo em vista os baixos incentivos que essa ocupação detém, e que a longo prazo pode acarretar em uma crise no sistema de ensino do país. Por conseguinte, é evidente a necessidade de uma remuneração digna para esse ofício.


Sincronicamente, em segunda análise, é fato que uma parcela considerável dos ambientes de trabalho dessa profissão, principalmente de administração pública, possui problemas infraestruturais. Segundo dados do Censo Escolar, aproximadamente 10% das escolas brasileiras são desprovidas de água, energia elétrica ou sistema de esgoto. Sob esse ponto de vista, é verídico que muitos professores são submetidos a ambientes inóspitos de trabalho, devido ao descaso do Estado com a educação, o que impacta diretamente na sua qualidade de ensino. Nesse sentido, é indubitável a relevância de se efetuarem melhorias na estrutura do ensino público.


Em suma, é mister que providências sejam tomadas para amenizar o quadro atual. Com o objetivo de aumentar o salário dos professores, urge que Órgãos ligados à educação, como o Ministério da Educação no caso do Brasil, estabeleçam, por meio de verbas governamentais, um aumento justo no piso salarial do magistério, de modo não só a incentivar os profissionais vigentes, como também atrair novos docentes e, dessa forma, melhorar a qualidade do ensino. Somente assim, será possível garantir os direitos e a valorização dessa classe trabalhista e, desse modo, parafraseando Paulo Freire, mudar positivamente a sociedade.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde