O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

O histórico desafio de valorizar o professor

Desdes os processos denominados "revoluções industriais" e a acensão do capitalismo, o mundo vem demasiadamente priorizando produtos e mercados em detrimento de valores humanos essenciais. Nesse sentido, apesar de toda luta pela valorização do professor, essa classe ainda não recebe um salário que condiz com sua importância ao mundo. Ademais, as paralisações e manifestações aderidas em busca pelos seus direitos, quase sempre não resultam em respostas satisfatórias por parte de nossos governantes.

Para o ativista político Martin Luther King: "A injustiça num lugar qualquer é uma ameaça a justiça em todo lugar." Nesse contexto, é possível afirmar que o docente brasileiro é injustiçado no que se refere a seu piso salarial, quando comparados ao de outras profissões. Por exemplo, um engenheiro recém formado chega a receber 5,2 salários mínimos, enquanto um professor experiente recebe dois salários mínimos e meio, aproximadamente. Percebemos então, que ambos são profissionais muito importantes para a sociedade, porém há uma enorme desigualdade em suas apreciações salariais.

Segundo o escritor Eduardo Galeano, o primeiro passo para modificar uma realidade consiste em conhecê-la. Nessa perspectiva, para garantir valorização ao professor é preciso ouvi-lo e atendê-lo em suas necessidades queixadas, uma vez que, este, é vítima de atrasos salariais, grandes taxas de impostos descontados em sua folha de pagamento e pouco amparo da justiça quando são vítimas de violência verbal e/ou física dentro das salas de aulas. Contudo, infelizmente o que se nota quando esse profissional solicita ajuda a nossos políticos, é uma certa demora para resolver determinado problema ou total descaso com suas manifestações.

Fica evidente, portanto, que medidas devem ser tomadas para que os educadores sejam cada vez mais valorizados. Para tanto, seria conveniente a criação de uma entidade representativa da classe dos professores, com vínculo ao Ministério da Educação, com a missão de ouvir esses profissionais a fim de coletar idéias, sugestões e cobrar de perto ações por parte do Estado, para aperfeiçoamento da carreira profissional e na educação como um todo.Desse modo, será possível realizar, de maneira democrática, a valorização que os professores merecem.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!