O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

O histórico desafio de valorizar o professor

Abraham Lincoln, 16º presidente dos Estados Unidos, afirma que uma sociedade só avança ao passo que um se sensibiliza com o obstáculo do outro. Todavia, quando se verifica a desvalorização do professor, presentemente, observa-se que esse modelo de cooperação é constatado na teoria e não desejado na prática e os desafios perduram intimamente coesos com a realidade do Brasil, seja pelas péssimas condições de trabalho, como também pela baixa remuneração.
Em primeiro lugar o cientista e pensador Albert Einstein dizia o seguinte: ´´Temos que fazer o melhor que podemos. Esta é nossa sagrada responsabilidade humana.'' De maneira diferente, é possível perceber que no país a má condição do trabalho rompe essa harmonia da frase, haja vista que é indubitável suas ramificações, as quais destacam a má infraestrutura dos locais de trabalho, como escolas e a falta de assistência profissional aos docentes, sendo estes um dos efeitos do problema. Semelhantemente o diretor do departamento educacional do OCDE( Organização para cooperação e o Desenvolvimento Econômico) constatou que os investimentos em educação no Brasil são ineficientes, dados estes relatados desde 2001 a 2017, ou seja, historicamente o professor permanece na ´´inercia'', por falta de ênfase na educação nacional.
Outrossim, destaca-se a baixa remuneração do professor como estimulador do desafio, de modo que até ao anos 70, os docentes eram bem retribuídos financeiramente, porém nas últimas décadas a questão salarial piorou, desvalorizando assim, o educador. Simultaneamente, dados também da OCDE, mostraram que em comparação com os outros países, os salários dos professores são extremamente baixos. Vista disso, em dos maiores empecilhos.
Fica clara, portanto, a necessidade do ampliamento nas condições de trabalho do professor, com melhorias nas instituições de ensino de forma estrutural e curricular, adaptando também tecnologias para facilitação do ensino em sala de aula, como aparelhos sonoros entre outros, além de facilitar a especialização dos docentes, como cursos oferecidos a eles, para assim ter mais capacidade educacional. Sendo assim, cabe ao Governo Federal juntamente com o MEC( Ministério da Educação) implantar tais medidas, lembrando o quão é importante um aumento notório na remuneração do educador, fazendo que ele se sinta mais honrado e assim minimizando os desafios históricos de valorização do profissional.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!