O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

O histórico desafio de valorizar o professor

Desde a Grécia antiga, aqueles que se propunham a ensinar eram vistos com grande respeito dentro da sociedade, Aristóteles, por exemplo, chegou a ser convidado para ser o mentor do próprio Alexandre, o Grande, contudo, observa-se, atualmente, um grande desafio no que diz respeito a valorização destes profissionais.Neste sentido, convém analisar as causas de tal dilema.
Certamente, cabe dizer que a questão constitucional e a sua aplicação está entre as causas do problema. Segundo o filósofo grego Aristóteles, a política deve ser utilizada de modo que, por meio da justiça, o equilíbrio seja alcançado na sociedade. No entanto, a dificuldade do Governo em reajustar o salário dos magistrados rompe com essa harmonia, haja vista que a lei 13.005 do PNE propõe que o salário desses profissionais deve ser igualado aos daqueles com o mesmo nível de escolaridade. Infelizmente, isso tem afetado negativamente a vida dos educadores, sendo necessário maior esforço para lidar com essa conjuntura.
Adicionalmente, pode-se dizer que essa periferização social sofrida pelos professores acaba afetando o resto do país. Segundo o sociólogo Auguste Comte, a sociedade é como um organismo vivo, se uma parte falhar isso afeta o todo. Seguindo essa linha de pensamento, verifica-se que as sucessivas greves dos educadores acabam prejudicando milhões de estudantes. Logo, é necessário chegar em um consenso dentro do corpo social, a fim de garantir os direitos desses profissionais.
Infere-se, portanto, que para alcançar o ideal de Aristóteles, medidas precisam ser tomadas, a começar pelo Governo, que deve buscar aplicar de forma eficiente a lei que prevê o reajuste de salários, dando prioridade para essa situação e administrando melhor o capital público, a fim de realizar esse objetivo. Espera-se com isso, amenizar a problemática além de garantir o devido respeito para aqueles que ocupam a posição mais importante dentro da sociedade.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!