O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

O consumismo e seus impactos ambientais

   O filósofo francês Sartre defende que cabe ao ser humano escolher seu modo de agir, pois este seria livre e responsável. No entanto, percebe-se a irresponsabilidade da sociedade no que concerne à questão do consumismo e os diversos impactos ambientais causados por ele. Dessa forma, observa-se que o consumismo reflete um cenário desafiador, seja em virtude da exploração ode recursos naturais, seja pelo aumento exacerbado de lixos.
   Em primeiro plano, é válido destacar que o ato de consumo em si não é um problema, o problema é quando o consumo de bens e serviços acontece de forma exagerada. Segundo o relatório do Planeta Vivo, a população já consome 30% a mais do que o planeta consegue repor. Essa exploração de recursos naturais ocasionada pelo consumismo, altera o equilibrio do planeta, gerando poluição e destruição do ecossistemas, além de colocar em risco a sustentabilidade das gerações futuras.
  Outro ponto relevante, nessa temática, é a produção de lixo. Segundo o Panorama de dos Resíduos Sólidos no Brasil em 2018, nosso país produziu cerca de 79 milhões de toneladas de RSU (Resíduos Sólidos Urbanos). Diante disso, é notório que essa quantidade monumental de lixo provoca um grande impacto socioambiental, causando o efeito estufa e a poluição de água subterrânea e superficiais. Dessa forma, é preciso que as pessoas passem a repensarem a forma de como se deve consumir adequadamente e entender os impactos que surgem a parir de um consumismo exagerado.
  Portanto, cabe ao Ministério do Meio Ambiente, juntamente com a influência midiática, desenvolverem por meio de fotos e vídeos, campanhas e "hashtags" para que haja uma maior divulgação, informações que mostrem de maneira clara os impactos caudados pelo consumismo exagerado. O objetivo dessa iniciativa é fazer com o que as pessoas passem a consumir de uma forma mais consciente e benéfica tanta pra si mesmas como para o meio ambiente.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!