ENTRAR NA PLATAFORMA
O consumismo e seus impactos ambientais

               A publicidade, presente na sociedade desde os tempos antigos e, muito evoluída com o passar dos anos, auxilia diversas empresas a divulgarem suas mercadorias. No entanto, as propagandas, devido à sua influência, contribuem com a disseminação de padrões de consumo inconsequentes. Esse problema, cuja causa relaciona-se ao interesse corporativo comercial, gera consequências negativas ao meio ambiente.  


                    Em primeiro lugar, vale apontar os interesses econômicos das grandes empresas como a principal causa do consumismo. Nesse contexto, consoante à teoria Habitus, elaborada pelo sociólogo Pierre Bourdieu, a sociedade possui padrões que são impostos, naturalizados e, posteriormente, reproduzidos pelos indivíduos. Sendo assim, as empresas, por meio da publicidade e, juntamente à obsolescência programada, impõe um padrão de consumo na sociedade. Nesse sentido, o cidadão, vítima de produtos com uma vida útil curta e, influenciado por comerciais que instigam a aquisição de novas mercadorias, adota um estilo de vida consumista.  


             Por conseguinte, como reflexo desse quadro, o indivíduo, ao adotar esse padrão de vida, produz uma quantidade demasiada de lixo. Assim, devido à precariedade das iniciativas de reciclagem, é feito, na maioria das vezes, o descarte inadequado dos mesmos. Segundo o secretário-geral da ONU, António Guterres, todos os anos, mais de 8 milhões de toneladas de plástico vão parar nos oceanos. Desse modo, essa problemática contribui para o desfalecimento da vida marinha, visto que diversos animais aquáticos confundem esse lixo com alimento.   


                    Diante do exposto, é mister que o Estado tome providências para amenizar o quadro atual. Urge, portanto, que o Ministério da Educação promova, por meio de feiras culturais, palestras e seminários a respeito da importância de evitar a aquisição desnecessária de produtos e a não se prender a nenhum paradigma, o que fomentará, a longo prazo, a desconstrução desse padrão de consumo errôneo que foi disseminado ao longo dos anos. Ademais, é necessário que o Ministério do Meio Ambiente, por meio de verbas, promova investimentos no sistema de reciclagem, a fim de proporcionar a reutilização adequada desses materiais, o que, posteriormente, irá contribuir para uma recuperação ambiental adequada. 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde