O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

O consumismo e seus impactos ambientais

Como na Guerra Fria os conflitos indiretos com o objetivo de mostrar seu poderio fez com as duas grandes potências e sua vontade de consumir a todo momento, para que sua força armentista sempre fosse a melhor. Com isso acaba trazendo consequências ambientais nos seus testes atômicos e nas guerras menores que apoiavam, tal momento histórico trás influência em nossos cidadãos contemporâneos que tendem a possuir e conquistar apenas por status e superioridade.


O consumismo virou cultural, com o início das sociedades, as divisões de classes e o capitalismo, cada vez é mais habitual as consequências desse consumo desenfreado, como por exemplo; em 2018 o desmatamento na Amazônia cresceu 40%, 80% das áreas derrubadas são usadas posteriormente para criação de gado ou agricultura. Com a demanda cada vez maior as fábricas usam de meios que apesar de trazerem resultados mais rápidos, não se tem reflexos saúdaveis nessas plantações e nem para os cidadãos que a usufruem, em 2018 o Brasil fez seu décimo aniversário em primeiro lugar na lista de maior consumidor de agrotóxicos do mundo, nas propriedades que fornecem 70% das comidas para o povo brasileiro em sua produção e usado 27% de agrotóxicos. Os indivíduos de nossa sociedade vigente se veem ainda mais presos em um problema aonde não existirá solução, pesquisam apontam que caminhamos mais perto da extinção em massa, não só pelo consumo em excesso, mais a negligência com a natureza nos leva para esse patamar, a falta de manutenções como seneamento básico, lixos nas ruas e resíduos em mares entre outros, trás a incerteza de uma melhoria.


Em vista disso medidas são necessárias para resolver o impasse, como disse o filósofo Immanuel Kant " O homem é aquilo que a educação faz dele", logo, o MEC em conjunto com o MMA e o Congresso Nacional deverão criar e finaciar museus sobre os impactos ambientas causados por momentos históricos com intuito de mostrar como esses problemas ainda fazem parte do cotidiano e como ainda afetarão as gerações futuras. Ademais propor palestras tanto online como públicas semanalmente com tema sobre o consumismo diário, como combatê-lo etc.


Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!