O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

O aumento da expectativa de vida como desafio no Brasil

A expectativa de vida do brasileiro cresceu bastante ao longo dos anos, segundo o IBGE (INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA) de 1940 a 2016, o brasileiro subiu mais de 30 anos, com isso, o governo tem por obrigação dar assistência e continuar investindo em programas que contribuem para o gradativo crescimento da sua nação.
Com o aumento da população idosa, o país deve desembolsar mais aposentadorias, porém o país diz-se em crise, ou seja, não está preparado para o envelhecimento de sua população. Além da aposentadoria, têm-se custos maiores com a saúde, e no mercado de trabalho a realidade é que empresas não querem ou não estão preparadas para contratar pessoas mais velhas.
Nos últimos anos, jovens estão entrando cada vez mais cedo no mercado de trabalho, consequentemente empresas estão mais preparadas para esses. Mas, se o governo quer que os idosos trabalhem acima dos 60 anos, é preciso criar condições para tal feito, não é simplesmente implantar leis onde indivíduos devem trabalhar mais, sem nenhum incentivo ou investimento.
Para que o aumento da expectativa de vida continue - em circunstâncias boas - e não influencie negativamente na economia do país, é preciso primeiramente que empresas junto com o governo entrem em parcerias para ser implantado oportunidades maiores para aqueles mais velhos. Investir na saúde também, para que assim, tenha uma população com vida cada vez mais longínqua. Para o crescimento econômico, maior deve ser a geração de empregos, para que o governo arrecade capital e assim, amenize o deficit nacional. Criando condições melhores de trabalho, pessoas podem trabalhar por mais tempo - inclusive o que foi proposto pela previdência é exatamente isso -, a melhor forma de tanto a população como governo sair de forma benéfica seria um ciclo, onde governo e empresas de um lado estimulando sua população e do outro, essas contribuindo diretamente na economia do país, pois o que influencia na economia é consumo, gasto e investimento, ou seja, rotação de dinheiro.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!