O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

O agronegócio como ameaça ao meio ambiente

"O importante não é quanto tempo viverás, mas que qualidade de vida terás." Segundo o filósofo Sêneca a qualidade de vida tem tamanha importância que transpõe a do tempo vivido. Entretanto, essa não é a realidade da sociedade atual, visto que enfrentamos os impactos que o agronegócio causa no meio ambiente, como a perda de recursos naturais e também da biodiversidade.
Desde a chegada oficial da colonização portuguesa ao Brasil, no século XVI, cultiva-se a ideia de que nossos bens naturais são ilimitados. Igualmente, hoje, nos processos de produção inseridos no agronegócio ocorre o desperdício de água potável, que segundo o Instituto de Conservação da Biodiversidade, pode chegar a 4,5 trilhões de litros por ano. E esse fato afeta tanto a manutenção da vida da fauna e da flora, quanto do ser humano.
Além disso, de acordo com o Ministério do Meio Ambiente, espécies de praticamente todos os biomas terrestres correm o risco de serem extintas. E isso é consequência do uso de agrotóxicos e principalmente pela substituição das florestas por pastos e plantações.
Diante dos fatos supracitados, faz-se necessário que o poder Executivo, em parceria com os Ministérios da Educação e do Meio Ambiente, crie um projeto para ser desenvolvido nas escolas, o qual promova palestras mensais no contra turno e apresentações artísticas sobre a importância de preservar o meio ambiente - uma vez que ações culturais coletivas têm imenso poder transformador - esse projeto deve ter uma ampla divulgação midiática que inclua propagandas televisivas. Nesse sentido, o intuito de tal medida deve ser de reeducar a sociedade, e dessa forma aproximar a realidade descrita por Sêneca.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!