O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

O agronegócio como ameaça ao meio ambiente

Com o surgimento do capitalismo na Europa no período da Idade Média através do feudalismo, o avanço das práticas de plantações, monocultura e comércio, tinham como principal objetivo o capital. Deste modo, o agronegócio no atual século XXI continua visando o lucro em suas produções gerando impactos ambientais por meio da pecuária, o alto consumo de tecnologia e o uso de transgênicos.
Visto que no Brasil foi registrado um aumento no desmatamento do Cerrado e Norte do país por conta da agropecuária, o Ministério do Meio ambiente relata o impacto causado por tal ação, como a diminuição das espécies vegetais. Outrossim, são os dados alarmantes a respeito do desperdício de água para esses fins, o Relatório Mundial dos Recursos hídricos revela que são utilizados cerca de 70% da água doce disponível no Brasil para tais práticas.
Consequentemente, esse problema aumenta quando aliado com o grande uso da tecnologia através da alta demanda de produção, pois esses produtos necessitam de meios de transporte para a sua exportação. Sendo assim, cresce a quantidade de emissão de gases poluentes que por fim, contribuirá para o aumento do efeito estufa e o aquecimento global.
Em seguida, o uso de transgênicos também causa retornos negativos sobre o meio ambiente, pois os alimentos são geneticamente modificados afim de terem uma maior resistência aos agrotóxicos e sua indústria intensifica o consumo destes em suas plantações, causando uma degradação do solo, por conseguinte atinge o um dos reservatórios mais importantes da Terra, os lençóis freáticos, gerando uma toxicidade na água impossibilitando que futuramente ela possa ser potável.
Portanto, para a solução da problemática em questão, faz-se necessário que o Ministério da Agricultura não se prenda apenas às questões capitalistas pensando primeiramente no lucro e sim, que realize medidas para diminuir o uso de equipamentos que emitem gases poluentes e reduza o consumo de agrotóxicos e água nos meios de produção. Ademais, o Ministério do Meio Ambiente deve intensificar as leis quanto à restrição do desmatamento dos biomas brasileiros, aumento as áreas que obrigatoriamente devem ser preservadas. Tais medidas resultaram em benefícios para um meio ambiente menos degradado e consequentemente para a população.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!