O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

O abuso de poder e de autoridade no Brasil

  Policarpo Quaresma, protagonista de Lima Barreto, do clássico livro " O triste fim de Policarpo Quaresma", sempre teve como característica mais marcante um nacionalismo ufanista, acreditando em um Brasil útopico. Entretanto, o abuso de poder e autoridade no Brasil, torna o país ainda mais distante pelo sonhador personagem. Dessarte, fatores como a ineficiência estatal e os prazeres instantâneos se configuram como um impasse ao corpo social.                        


 Primeiramente, é notório salientar que a indolência estatal é uma causa latente do problema. A respeito disso, de acordo com o filosófo Aristóteles, a política deve ser utilizada de modo que, por meio da justiça, o equilíbrio seja alcançado na sociedade. Contudo, o abuso de autoridade é atributo do excesso de poder que por sua vez, corresponde à práticas abusivas contra a sociedade. Logo, essa ação é prevista como crime, no entanto, atitude do Estado em políticas que examine as ações de autoridades é ineficiente. Ademais, o Estado tem agido de forma omissa por tal ausência de fiscalização. 


  Em segundo plano, há outra causa para apresentação do óbice: prazeres instantâneos. Nessa perspectiva, o portal de notícias conhecido como - G1- relatou um caso que se manifesta como o exercício de prazer de uma autoridade. De acordo com o notíciario, Eduardo Siqueira um desembargador do TSE de São Paulo, recebeu uma multa e ameaçou rasgar e joga-lá na cara do Guarda Municipal, após se recusar a utilizar a máscara, devido a nova pandemia do coronavírius. Em síntese, essa situação é considerada como lamentável e desrespeitosa pela prática de superioridade com a sociedade devido possuir um cargo de poder.


Portanto, medidas governamentais são necessárias para mitigar a problemática do abuso de poder e autoridade no país. Sob essa ótica, cabe ao Ministério da Justiça, averiguar funcionários públicos que agem na forma abusiva com os cidadãos, com intuito de afastálos de seus respecitvos cargos. De modo que, tal prática inconveniente seja amenizada. Por conseguinte, o equilíbrio proposto por Aristóteles seja cumprido e tal impasse deixará de ser um empecilho na sociedade. 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!