O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

O abuso de poder e de autoridade no Brasil

Na série "Vikings", o personagem Ivar - que já apresentava comportamentos autoritários desde a infância - se transforma em um rei violento e vingativo, que utiliza de sua posição de poder e autoridade para que todos sejam obrigados a cumprir sua vontade. Analogamente, a realidade observada no Brasil hodierno é de concretização do cenário apresentado pelo seriado em diversas esferas sociais, fator agravado pela ineficiência do sistema educacional do país e negligência das autoridades diante da problemática.


Em primeiro plano, como afirmado pelo educador e filósofo brasileiro Paulo Freire, "Quando a educação não é libertadora, o sonho do oprimido é ser o opressor". Nesse sentido, é possível perceber a ineficiência do sistema educacional brasileiro na construção do altruísmo e coletividade durante a formação acadêmica dos alunos do país. Desta forma, os indivíduos passam a almejar posições de autoridade e quando as alcançam, adotam comportamentos abusivos e opressores, tal qual apontado por Freire.


Além disso, na obra "Ensaio Sobre a Cegueira", o escritor português metaforiza a imoralidade do homem moderno através de uma epidemia de cegueira que instala o caos na sociedade. Nesse viés, é visível que a problemática do abuso de poder e de autoridade no país é consequência da cegueira moral dos governantes, que não adotam medidas efetivas de fiscalização e punição diante de tais situações, tipificadas como crime pela legislação brasileira através da Lei 4898/65. Logo, a legislação permanece inaplicável e os brasileiros sujeitos aos constrangimentos do abuso de autoridade.


Dado o exposto, torna-se urgente a realização de uma parceria entre Ministérios da Educação e da Justiça, com o objetivo de ampliar a conscientização e fiscalização sobre casos de abuso de poder e autoridade. Tal finalidade seria alcançada através do desenvolvimento de uma cartilha de ética, que seria trabalhada em sala de aula por professores capacitados e contaria com conteúdos para a construção do altruísmo e da coletividade desde a Educação Infantil, bem como com a exposição de canais de denúncia e direcionamento em casos de abuso de poder e autoridade. Assim, a fiscalização seria facilitada através das denúncias, ao passo que a educação libertaria os indivíduos da prisão dos abusos, extinguindo o cenário de "Vikings" da realidade do país.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!